20.6 C
fpolis
sábado, setembro 25, 2021
cinesytem

Florianópolis abre Conexão Cultural 2011 Tigre/ICRH

spot_img

Florianópolis abre Conexão Cultural 2011 Tigre/ICRH

spot_img

Quando um caminhão se desdobrar num palco, e nele subirem personagens alegres ou tristes, alguns coloridos, porém todos identificados com o mesmo propósito de contar histórias, pode chegar perto e procurar um lugar para sentar: é o Palco Móvel da 4ª edição do projeto Conexão Cultural 2011 Tigre/ICRH, que a partir de 14 de março percorrerá seis cidades catarinenses levando gratuitamente as artes cênicas às comunidades onde uma sala de teatro é muitas vezes inacessível, seja pelo preço ou mesmo porque não existe.

O roteiro começará por Florianópolis (14 e 15 de março) e depois seguirá para Joinville (16 a 18 de março), Rio Negrinho (21 e 22 de março), Rio do Sul (23 a 25 de março), Gaspar (28 e 29 de março) e Blumenau (30 de março a 01 de abril). Após isso, o Palco Móvel sai de Santa Catarina para seguir exibindo teatro até o Nordeste. No total, serão quinze cidades de sete estados (Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Alagoas e Pernambuco) visitadas em dois meses. Serão mais de 4,2 mil quilômetros para cumprir o roteiro.

Dos cinco grupos a se apresentarem em Santa Catarina, quatro são catarinenses: a Cia. Pé de Vento, com sua re-elaboração de cenas e situações clássicas dos cômicos populares; a Dionisos Teatro, que entrará no universo infantil; a Trip Teatro de Animação, que tratará da importância de cumprir os tratos feitos; e a Cia. Zulu Canibal, que numa ciranda vai teatralizar o tempo e as horas. Haverá ainda a participação da paranaense Cia Numseikitem, com seu musical cômico sobre três personagens sem destino. Juntas, essas companhias farão 51 apresentações no Estado. Joinville, berço da Tigre e do ICRH, terá uma atração extra: uma apresentação da Banda Mirim do Corpo de Bombeiros.

O coordenador do projeto, Armando Appel, destaca o aspecto social: “Este projeto é de enorme importância para a inclusão cultural, pois cria oportunidade de contato direto das pessoas com a diversidade brasileira, de forma livre e gratuita. Em muitos casos, é o primeiro contato das pessoas com a arte”. Idealizado pelo Instituto Carlos Roberto Hansen (ICRH) e patrocinado pela Tigre, por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, o projeto tem o objetivo de levar cultura, arte e entretenimento a diversos cantos do País. São sempre duas etapas por ano: no primeiro semestre, são apresentadas peças de teatro; no segundo semestre, são exibidos filmes. É voltado, principalmente, a crianças e adolescentes do interior do Brasil, embora pessoas de todas as idades também possam assistir aos espetáculos. A coordenação do projeto desde sua primeira edição é do produtor cultural Jefferson Bevilacqua.

Espetáculos do Palco Móvel em Santa Catarina

Teatro Quase Mudo – Cia. Numseikitem: musical cômico sobre três personagens que se encontram em um pacote sem destino em busca de um mundo em que possam ser aceitos como são e pensam que são. Uma caixa e três personagens, vagando em busca de formas de contar e viver suas histórias de maneira divertida, poética e um tanto imprevisível. A Cia. Numseikitem nasceu em 2006 em Curitiba (PR). Pela pesquisa cênica, o grupo acredita na democratização da arte e na interação estética entre os estudos acadêmicos e a cultura popular tradicional brasileira.

Pepe Nuñez apresenta “Bom Apetite” – Cia. Pé de Vento: Espanhol e brasileiro, ingênuo e atrevido, adulto e criança, no espetáculo infantil “Bom Apetite”, o ator espanhol Pepe Nuñez mergulha na arte do Ator Cômico. Re-elaborando cenas e situações clássicas dos cômicos populares e usando recursos da tradição Cômico-Circense, o palhaço convida o público a participar ativamente das cenas, compartilhando o lado ridículo e inocente do ser humano. A peça traz música, mágica, malabarismo, jogos coletivos e muito humor. Sediada em Florianópolis (SC), a Cia. Pé de Vento Teatro atua desde 1999 e se apresenta mais de 150 vezes por ano.

Quem canta um conto aumenta um ponto – Dionisos Teatro: Contar histórias é uma arte milenar. Para elas não desaparecerem, a Dionisos teatraliza e conta contos populares e literários de maneira lúdica. Neste espetáculo, além de contar, o grupo canta músicas escritas para crianças por Andréia Malena Rocha e Vinícius Ferreira. A idéia é criar um espaço de vivência artística através da música, das histórias e cenas. O universo infantil conduz o trabalho, com histórias e músicas divertidas e poéticas, que falam de aspectos da vida da criança: brincadeiras, pai, mãe, descobertas. Sediada em Joinville (SC), em seus 13 anos a Dionisos Teatro já atingiu mais de 500 mil pessoas.

Ciranda das Horas – Cia. Zulu Canibal: O espetáculo é narrado pelo palhaço Titiritelo e suas bonecas, Xeretela e Dormibela, que interpretam, cantam, brincam, manipulam formas e formam assim uma verdadeira ciranda de movimentos, teatralizando o tempo e as horas. A peça foi montada com pesquisa da comédia Dell Art, numa proposta de encenação malabarística com ritmos coreografados, figurinos alegres e coloridos para lembrar a época. Traz assim a figura do clown à época contemporânea, refletindo sobre as horas na modernidade. A Cia. Zulu Canibal Ator e Bonecos, de Lontras (SC), desenvolve desde 1988 trabalhos no meio teatral.

O Flautista de Hamelin – Trip Teatro de Animação: Dois artistas medievais saem pelas ruas empurrando uma pequena carroça, que aos poucos se transforma na cidade de Hamelin, para contar a clássica história do flautista que livra a cidade de uma peste de ratos e sobre a importância de cumprir os tratos feitos. O espetáculo resulta de parceria com a companhia espanhola “Los Titiriteros de Binéfar”. A Trip Teatro de Animação, de Rio do Sul (SC), foi fundada em 1989. Já se apresentou em 23 capitais brasileiras, além de inúmeras outras cidades e outros 12 países da América do Sul, Europa e Ásia.

Sobre a Tigre

A Tigre é a multinacional brasileira líder na fabricação de tubos, conexões e acessórios em PVC no Brasil e na América do Sul e uma das maiores do mundo. Referência nos mercados Predial, de Infraestrutura, Irrigação e Indústria, é reconhecida também pela sua cultura de valorização das pessoas. Fundada em 1941, tem oito plantas no Brasil, incluindo fábrica de pincéis (Pincéis Tigre), perfis de PVC (Claris) e acessórios (Plena), e 12 no exterior (Argentina, Bolívia (2), Chile (3), Colômbia, Equador, Peru, Estados Unidos, Paraguai, Uruguai). Conta com 6.763 funcionários 350 mil toneladas de produtos são fabricados anualmente. O faturamento em 2009 foi de R$ 2,3 bilhões. A Tigre foi uma das empresas vencedoras do prêmio Empresa Cidadã ADVB/SC 2010 pelo Projeto Conexão Cultural 2010.

Sobre o ICRH

O Instituto Carlos Roberto Hansen (ICRH) tem por objetivo a formação do cidadão do futuro, focando o desenvolvimento de Crianças e Adolescentes. Mais do que a realização do sonho do ex-presidente, é a continuidade de sua linha de pensamento e trabalho. O ICRH resume e reúne a postura de um grupo empresarial que sempre colocou em primeiro lugar as pessoas e que sempre valorizou sua comunidade. Somar para o futuro do país, contribuindo com a educação e cultura de jovens e adolescentes, sem descuidar da Saúde e do Saneamento Básico, são diretrizes do ICRH.

Sobre o proponente

O Conexão Cultural é produzido pelo produtor cultural Jefferson Bevilacqua, que executa projetos culturais desde 1999. Seu vasto portfólio inclui shows e eventos produzidos em todo o Brasil e no exterior. Entre os principais projetos, estão, além do Conexão Cultural, também o Circuito SCGÁS 2011 de Cinema nas Comunidades, o Gira Brasil, Vitrine Cultural, a Sala Brasil e o Cinemóvel Mostra de Cinema Nacional, todos com recursos captados via Lei Rouanet de Incentivo à Cultura. Somados, já levaram arte e divertimento a um público de cerca de 250 mil pessoas, em vários estados brasileiros.

ROTEIRO:

Florianópolis (SC) – 14 e 15 de março (2 dias)
Joinville (SC) – 16 a 18 de março (3 dias)
Rio Negrinho (SC) – 21 e 22 de março (2 dias)
Rio do Sul (SC) – 23 a 25 de março (3 dias)
Gaspar (SC) – 28 e 29 de março (2 dias)
Blumenau (SC) – 30 de março a 01 de abril (3 dias)
Ponta Grossa (PR) – 04 a 06 de abril (3 dias)
Castro (PR) – 07 a 09 de abril (3 dias)
Rio Claro (SP) – 11 a 13 de abril (3 dias)
Indaiatuba (SP) – 14 a 16 de abril (3 dias)
Pouso Alegre (MG) – 25 a 27 de abril (3 dias)
Camaçari (BA) – 02 a 04 de maio (3 dias)
Penedo (AL) – 06 a 07 de maio (2 dias)
Arapiraca (AL) – 09 e 10 de maio (2 dias)
Escada (PE) – 12 a 14 de maio (3 dias)

Serviço:

Florianópolis
Local: Ao lado da Escola Pero Vaz de Caminha (rua Irmã Bonavita, 954, Capoeiras)
14/3 – às 14h, “Teatro quase Mudo”; às 15h30, Pepe Nuñez apresenta “Bom Apetite”.
15/3 – às 9h e 14h, “Teatro quase Mudo”; às 10h30 e 15h30, Pepe Nuñez apresenta “Bom Apetite”.
Informações: Fundação Franklin Cascaes: (48) 3324-1415 / 3324-1426 (13h às 19h).

spot_img
spot_img

Leia mais