19.1 C
fpolis
quarta-feira, julho 6, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Força-tarefa faz balanço e define prioridades

Força-tarefa faz balanço e define prioridades

spot_imgspot_img

Em função das fortes chuvas que castigam a Capital desde a última quarta-feira alguns serviços oferecidos pelo município ficaram prejudicados. A força-tarefa, reunida, hoje à tarde (24/11) fez um balanço da situação na cidade e definiu algumas prioridades: verificar a situações de risco, como desabamento e deslizamento de terras, e encaminhar pessoas desalojadas para os abrigos. Nos dois abrigos, localizados no Norte e no Sul da Ilha, há 160 desalojados.
Por causa da falta de água, em vários bairros da cidade, as aulas na rede municipal de ensino vão ser retomadas na quarta-feira (26/11). Entretanto, o expediente será normal para todos os funcionários das unidades educativas, que vão aproveitar para fazer reuniões pedagógicas. A Secretaria Municipal de Ensino informa, ainda, que as matrículas continuarão a ser realizada sem interrupções.

No transporte coletivo estão ocorrendo atrasos de horários e dificuldades de acesso de algumas linhas de ônibus urbanos da Capital em decorrência de inundações de vias e queda de barreiras. Conforme a Secretaria dos Transportes e Terminais (SMTT), os principais problemas estão nos itinerários do Norte, Sul da Ilha e morros do Centro. A Secretaria dos Transportes orienta os moradores da Capital ficar em casa e só saírem se realmente houver necessidade e também pede a compreensão quanto aos atrasos de ônibus.

Já na Secretaria da Saúde ocorreu um incremento ao atendimento à população desalojada. Equipes volantes estão percorrendo os abrigos, tirando a pressão e orientando as pessoas sobre perigos de conviver nestes locais com animais peçonhentos, e sobretudo alertando evitar o contato com a água da chuva por causa da leptospirose. As unidades de saúde funcionam normalmente.

Na coleta de lixo, o cumprimento de todos os roteiros está sendo assegurado. O acesso ao Norte foi realizado pelo desvio no Cacupé. Também estão sendo realizadas atividades de raspagem de vias, (como na Prainha), em apoio às ações da Defesa Civil, e colocado efetivo de oito operacionais à disposição de cada uma das intendências municipais.
Para a segurança da população, a Defesa Civil alerta às pessoas não transitarem em locais de risco de desabamento e orientam os motoristas atenção redobrada nas estradas, por causa de buracos provocados pela chuva. Famílias que estão sem energia elétrica devem evitar o uso de velas próximos a cortinas e janelas. “É fundamental apagar as velas e desligar o gás de cozinha na hora de dormir”, alertou Ildo Rosa. Ele ainda disse que qualquer alteração em residências, como rachadura nas paredes, o morador deve acionar a Defesa Civil pelo telefone 199.

spot_img

Leia mais