16.9 C
fpolis
sexta-feira, outubro 22, 2021
cinesytem

Fort Atacadista adota uso de máscaras para funcionários e orienta clientes sobre a importância de nova medida preventiva

spot_img

Fort Atacadista adota uso de máscaras para funcionários e orienta clientes sobre a importância de nova medida preventiva

spot_img

Reforçar e fiscalizar as medidas de higiene e prevenção continuam sendo as principais alternativas para conter a propagação do novo coronavírus. O Ministério da Saúde recentemente atualizou as recomendações do uso das máscaras protetoras pela população, estendendo a importância do uso a todos que necessitarem sair de casa e não mais para uso exclusivo dos profissionais da saúde. Em Santa Catarina, em todas as lojas do Fort Atacadista os colaboradores já estão utilizando máscaras durante o trabalho. “Além de fornecer as máscaras para os colaboradores das 26 lojas do Fort no estado, estamos com uma campanha interna bem intensa sobre como conservar e higienizar as máscaras de tecido”, explica Leandro Hommerding, gerente de marketing da rede de atacarejos em SC.

As orientações, inclusive, são válidas para o público em geral:

– Deixar a máscara de molho por 20 minutos em uma solução de água potável e água sanitária (10 ml de água sanitária para cada 500 ml de água);
– Enxaguar bem com água corrente e depois lavar com água e sabão;
–  Após a máscara secar completamente, finalizar passando um ferro quente;
– Guardar a máscara em um saco plástico e só retire quando for reutilizar;
– Lavar as mãos antes e depois de colocar ou tirar a máscara do rosto;
– Troque a máscara assim que a mesma apresentar sujeiras ou umidade;
– Usar os elásticos para retirar a máscara, sem tocar a parte da frente.

De acordo com o Ministério da Saúde, a utilização de máscaras pode impedir a disseminação de gotículas expelidas pelo nariz ou pela boca, formando uma barreira física. “Agora nossa missão é também conscientizar os clientes sobre a importância do uso das máscaras, além de reforçarmos e mantermos todas as medidas que já foram adotadas antes, como a higienização das mãos, cestas e carrinhos na entrada das lojas, a distância de 2 metros entre as pessoas e as placas de acrílico que protegem nossos operadores de caixa”, completa Leandro.

Outra medida já em vigor nas lojas do Fort Atacadista é a limitação da capacidade de clientes em 50% dentro das unidades, evitando aglomerações. A rede também mantém o pedido para que se dirijam às lojas somente os clientes que realmente estejam precisando abastecer suas casas, e que, preferencialmente, cada família escolha um único representante para fazer as compras. É indicado que idosos, pessoas de grupos de risco e crianças fiquem em suas casas.

 

spot_img
spot_img