18.6 C
fpolis
domingo, julho 3, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Fórum comunitário discute lixo e saúde no norte da ilha

Fórum comunitário discute lixo e saúde no norte da ilha

spot_imgspot_img

A Prefeitura Municipal de Florianópolis, por meio da Comcap, promove entre os dias 11 e 13 de novembro o Fórum de Mobilização Comunitária – Resíduos Sólidos, Saúde e Meio Ambiente, no Sapiens Parque (Rodovia Luiz Boiteux Piazza, 1302), na Cachoeira do Bom Jesus.

A programação inclui oficinas, exposições, mostra de filmes e teatro das 9h às 17h e palestras e debates das 18h às 21h. A participação é gratuita, mas as inscrições para oficinas devem ser feitas previamente pelo telefone (48) 3271 6838.

O Norte da Ilha de Santa Catarina, aponta o presidente da Comcap, Wilson Cancian Lopes, é o segundo maior gerador de resíduos sólidos em Florianópolis – atrás apenas do Centro – e a região que apresenta o maior aumento na quantidade de lixo no Verão.

O Norte é o segundo produtor de resíduos na média do ano e o primeiro no Verão: produz 30% do total coletado na cidade durante os quatro meses de temporada e 20% nos demais meses do ano, superando inclusive regiões bastante adensadas como a do Continente.

Além disso, acrescenta a assessora técnica da Comcap e coordenadora do fórum comunitário, Flávia Guimarães Orofino, é a região que compreende os pontos mais distantes do Centro de Transferência de Resíduos Sólidos (CTReS) do Itacorubi, o que exige logística diferenciada para o transporte dos resíduos do ponto de coleta até o destino final. Para criar este tipo de solução, a Comcap realizou convênio com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) por meio do qual foram adquiridos cinco novos caminhões coletores e desenvolvido o Programa de Educação em Saúde e Mobilização Social (PESMS) que tem como uma das atividades este Fórum de Mobilização Comunitária.

– Estamos nos aproximando das comunidades para tratar da gestão dos resíduos sólidos com o foco afinado na saúde das pessoas. O lixo não é da Comcap, o lixo é de quem o gerou, é de responsabilidade de todos – afirma a assessora.

Para ajudar a estabelecer este “novo olhar” sobre os resíduos, baseado nos quatro érres – repensar, reduzir, reutilizar e reciclar -, o fórum terá durante o dia exposições, oficinas, mostra de filmes e de teatro e, à noite, rodadas de palestras e debates (veja programação em anexo).

Escolas, lideranças comunitárias, moradores da região e público em geral estão sendo convidados a participar, gratuitamente, de oficinas de compostagem, de aproveitamento total de alimentos e de confecção de sacolas ecológicas customizadas. Além disso, podem acompanhar experiências de destinação diferenciada para o lixo eletrônico, para o óleo de cozinha e para garrafas PET.

(PMF, 05/11/2008)

spot_img