25.2 C
fpolis
sábado, janeiro 22, 2022
cinesytem

Hotel em Florianópolis participa de projeto internacional para eliminar o desperdício de alimentos

Hotel em Florianópolis participa de projeto internacional para eliminar o desperdício de alimentos

spot_img

Um terço da produção de alimentos destinados ao consumo humano no mundo (1,3 bilhão de toneladas) é perdido ou desperdiçado todos os anos. Segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), menos de um quarto deste alimento jogado fora seria suficiente para acabar com a fome mundial, que afeta cerca de 800 milhões de seres humanos.

 Essa comida não consumida representa mais de 7% das emissões de CO2 globais por ano. Em hotéis e restaurantes, estima-se que 25% do alimento tenha como destino final o lixo. O impacto da agricultura e da indústria alimentar para o meio-ambiente é muito alto. Não menos de 16 mil litros de água são necessários para produzir 1kg de carne bovina e 100 litros para um pão baguete.

 Com base nestes dados, a multinacional francesa AccorHotels lançou a Planet 21 in Action que trata da alimentação saudável e de ações e compromissos de sustentabilidade até 2020. Entre os objetivos, estão a redução do desperdício de alimento em pelo menos 30%, a criação de mil hortas urbanas e a implementação destas metas nos hotéis da rede em todo o mundo. São quase 3.800 hotéis nos cinco continentes.

 Equipes de cada hotel estão sendo treinadas para reduzir o consumo em todas as fases: no pedido, armazenamento, serviço e especialmente durante a preparação na cozinha. A rede também estimula os hotéis a doarem alimentos não vendidos, respeitando os regulamentos locais e as normas de saúde.

Florianópolis 

Para alcançar as metas, a rede hoteleira está estimulando o abastecimento de alimentos através de produtores locais. A ideia é diminuir o número de intermediários e evitar a produção intensiva.

 “Nosso objetivo é oferecer aos hóspedes uma verdadeira experiência culinária por meio de alimentação saudável, sustentável e de altíssima qualidade. Além disso, queremos lutar contra o desperdício de alimentos”, afirma Laryssa Teles, gerente geral do Mercure Florianópolis Convention. O hotel faz parte da AccorHotels.

 Ainda com relação aos alimentos oferecidos pela rede, algumas espécies marinhas ameaçadas de extinção foram retiradas do cardápio. Entre elas estão: badejo, bagre, cação, camarão-rosa, caranha, cherne-verdadeiro, garoupa, linguado, pargo, arraia e atum.

Gotas no oceano

O Planet 21 in Action aborda ainda o impacto ambiental das embalagens, verdadeira fonte de poluição. Por isso, o Mercure Florianópolis Convention irá reduzir a quantidade das embalagens usadas, eliminando porções individuais, favorecendo as garrafas de água de tamanho grande e dispensando garrafas de água menores que 330ml. Sempre que as condições técnicas e de saúde permitirem, o hotel irá priorizar a oferta de água filtrada ou dos bebedouros.

Todos os vidros – sejam garrafas ou copos – todas as latinhas, papelões e papeis brancos são reciclados no Mercure Florianópolis Convention. Este material é entregue quinzenalmente à Associação de Catadores da Capital. “Algumas pessoas podem achar que essas ações são apenas gotas no oceano. Mas se elas servirem de exemplo e inspiração para outras empresas, sejam elas locais, nacionais ou transnacionais, essas gotas farão uma enorme diferença”, conclui Laryssa Teles.

spot_img
spot_img