16.3 C
fpolis
terça-feira, outubro 26, 2021
cinesytem

Livraria Catarinense terá programação especial para o Dia da Consciência Negra em Florianópolis

spot_img

Livraria Catarinense terá programação especial para o Dia da Consciência Negra em Florianópolis

spot_img

Na semana em que é celebrado o Dia Nacional da Consciência Negra (20 de novembro), a Livraria Catarinense promove dois eventos especiais alusivos a data nas lojas do Beiramar Shopping e na Rua Felipe Schmidt, no Centro.

No dia 19, quarta-feira, às 19h30, o produtor musical Kim Isac “Pretoman” ministra a palestra "A cultura de periferia e sua transversalidade" na Livrarias Catarinense no Beiramar Shopping. Kim Isac vai falar sobre a cultura hip hop e a transversalidade desse movimento nas bandeiras de luta sociais, com participação efetiva e histórica nos principais acontecimentos nesse campo. A educação é outro ponto importante a ser discutido no encontro: o palestrante vai abordar o tema de modo a comprovar que a cultura de periferia é uma grande ferramenta pedagógica, que precisa estar inserida nos diversos espaços educacionais.

No Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, às 12h30, uma grande celebração musical vai movimentar a Livrarias Catarinense da Rua Felipe Schmidt. A rádio online Rap Nacional realiza no calçadão, em frente à livraria, o show Rap da Ilha.

Nomes como Negro Rudhy (Arma-zen), que recentemente lançou a Mixtape "Satisfação", Komay MC, que lançou o álbum "Me chamam de Boss", Preto Dimi, que acabou de lançar o CD "Dimilhão pra pista", Rael Ldc e Poseidon MC`S, junto com novos nomes da cena como L8, Comboio, MC Eugênio, Guzuk e Ka, participam da apresentação. A discotecagem ficará a cargo dos DJs L.Man e Kalango.

Sobre Kim Isac

Kim Isac é rapper, produtor cultural, palestrante e educador social. É um dos pioneiros do movimento hip hop em SC e como militante tem uma atuação respeitada junto a movimentos sociais, participando de forma efetiva nas discussões e construções das bandeiras de luta do movimento negro. Participou da marcha de Zumbi dos Palmares em Brasília (DF), no ano de 1995, percorreu escolas municipais e estaduais divulgando a lei 10.639 pelo Projeto RAP nas Escolas e fez parte da comissão de discussão de cotas da UFSC e UDESC.

spot_img
spot_img