15.2 C
fpolis
quarta-feira, outubro 20, 2021
cinesytem

Livro conta história de náufragos e conquistadores em quadrinhos

spot_img

Livro conta história de náufragos e conquistadores em quadrinhos

spot_img

Arte sequencial, comics, bandes dessinées, bandas desenhadas, histórias em quadrinhos. Qualquer um desses nomes pode ser usado para definir o método alternativo de contar histórias que o florianopolitano Eleutério Nicolau da Conceição emprega no livro “Histórias de Santa Catarina – Náufragos e Conquistadores”. A obra será lançada nesta terça-feira (19), às 19 horas, no hall da Assembleia Legislativa.

O livro apresenta cinco histórias ocorridas entre 1516 e 1541 na Ilha e arredores ou diretamente relacionados com a região. Inicia com o naufrágio de Aleixo Garcia e seus companheiros, seu convívio com os índios carijó e a aventura junto aos incas. Conta a seguir a visita do galeão San Gabriel, de Don Rodrigo Alcuña, da expedição de Sebastião Caboto, que deu nome à Ilha, e a importância da ilha na colonização do Prata, concluindo com a chegada da expedição de Don Álvar Nuñes Cabeça de Vaca. O texto é fundamentado em bibliografia conhecida, apresentada no final da obra, e os originais foram desenhados com bico-de-pena em nanquim e pintados com aquarela.

“A arte sequencial representa um meio ideal para esse propósito, pois a apresentação de fatos históricos dentro da técnica e ritmo característicos da história em quadrinhos captura o interesse do leitor, facilitando a assimilação do tema exposto”, define o autor. Ele acredita que o conteúdo assim apresentado alcança desde o público juvenil até outras faixas etárias de leitores, que reconhecem o valor dessa forma de expressão artística.

Fruto de um projeto aprovado pelo Ministério da Cultura, o livro foi produzido com chancela da Lei Rouanet e patrocínio cultural da empresa Tractebel Energia.

O autor

Eleutério Nicolau da Conceição nasceu em Florianópolis, em 1950. Aprendeu a desenhar de forma intuitiva e pela observação da obra de artistas conhecidos. Experimentando técnicas e materiais, desenhou com lápis, bico-de-pena, pintou com guache, óleo e aquarela, abordando temas diversos, como paisagens e retratos. Porém, não seguiu carreira no campo das artes; graduou-se em Física e defendeu tese de Mestrado em Físico-Química. Exerceu o magistério em colégios da Capital e depois, por 27 anos, atuou no Departamento de Física da Universidade Federal de Santa Catarina. Aposentado em 2004, decidiu retornar à sua antiga atividade, ilustrando histórias catarinenses com a técnica da arte sequencial. Já publicou: “Dias Velho e os Corsários”, “A Saga do contestado” (em dois volumes; o terceiro da série aguarda publicação), “Jerônimo Coelho, Esboço Biográfico” e “Histórias de Santa Catarina – Náufragos e Conquistadores”.

Serviço

O que: Lançamento do livro “Histórias de Santa Catarina – Náufragos e Conquistadores”, de Eleutério Nicolau da Conceição
Quando: terça-feira (19), às 19h
Onde: Hall da Assembleia Legislativa

spot_img
spot_img