Florianópolis, 20 de julho de 2024

Médico lança poemas em Florianópolis

spot_img

Compartilhe

Vice-presidente da Sociedade Catarinense de Oftalmologia autografa suas produções na Livrarias Catarinense

Médico oftalmologista, estudante de logosofia há mais de duas décadas, um amante da natureza e de tudo que ela representa. Esse é um breve perfil de Luiz Barboza Neto, autor dos livros Falando com as pedras (Ed. Nova Letra, 154 págs., R$ 30,00) e Cavernas de minha alma (Ed. Nova Letra, 168 págs., R$ 30,00), que serão lançados no próximo dia 29 na Livrarias Catarinense em Florianópolis.

Os livros, ambos de poemas, expõem inquietudes internas, espirituais, do autor, relacionadas com a busca das grandes respostas que esclareçam a origem do espírito humano, a razão de seu existir, e para onde este caminha ao longo de suas etapas existenciais. “Lutas internas contra preconceitos que moldam o indivíduo às condutas preestabelecidas pelos condicionamentos sociais, religiosos, filosóficos e políticos; amores, desejos e paixões; reflexões sobre as mais diversas experiências que tem o ser humano desde a infância à vida madura podem ser encontradas através de meus versos”, afirma o autor.

Ao criar seus versos, frequentemente faz uso da linguagem da própria natureza, fonte de inspiração de onde extrai as metáforas que explicam o seu sentir e pensar. Seus poemas versam sobre temas que vão desde o amor até elementos de razão, proporcionando reflexões sobre os mais variados mistérios que povoam os labirintos mentais e sensíveis da psicologia humana.

Desde 2004, após forte experiência com um quase seqüestro, decidiu levar adiante seu antigo propósito de gravar algumas de suas músicas e publicar, em livros, parte de seus poemas. Atualmente tem quatro CDs gravados, sendo que dois instrumentais e dois cantados, e dois livros de poesias publicados.

Sobre o autor

Luiz Barboza Neto é paulista, natural de Taquaritinga, médico oftalmologista, desportista e músico eclético. Toca vários instrumentos, destacando-se piano e violão.

Apreciador da Bossa Nova e MPB compôs várias músicas nestas linhas, porém, sua formação musical também foi intensamente influenciada pelos antigos compositores brasileiros como Noel Rosa, Lupicínio Rodrigues, Herivelto Martins, Evaldo Gouvêa, Antonio Maria, Davi Nasser, Jonni Alf, etc.; e estrangeiros como os Beatles, Elvis Presley, Nat King Cole, Frank Sinatra, Paul Anka, Jhonny Mathis, etc. As inesquecíveis orquestras, destacando-se as de Ray Connif, Paul Moriat, Mantovani, Tabajara, Continental de Jaú, Valdir Calmon, também influenciaram profundamente o seu gosto musical.

Boiando em corredeiras, empinando papagaios, pescando em pequenos e grandes rios, caçando passarinhos, brincando de pega-pega, natação na piscina, mergulhos nas lagoas, correndo de bicicleta, tocando clarim na fanfarra da escola, viveu nesta pequena cidade uma infância intensa até sua adolescência. Desde os treze anos já compunha músicas e escrevia poesias.

De uma família tradicional de médicos, a música e a literatura sempre estiveram presentes em todo o seu desenvolvimento. Seu pai, também médico oftalmologista, leitor de poesias, sempre ligado à espiritualidade, maçonaria e entidades filantrópicas; e sua mãe, pedagoga, pianista, cética e pragmática, influenciaram positivamente seu interesse pelas múltiplas manifestações culturais.

Desde o primeiro ano de medicina – Faculdade de Ciências Médicas de Santos, dedicou-se a ministrar aulas em cursos diversos. Foi professor de Química, Física e Biologia. A partir de 1973, dedicou-se exclusivamente às aulas de Biologia em cursos pré-vestibulares. Foi um dos precursores das aulas musicadas.

Durante o curso de medicina participou por diversas vezes de festivais de músicas. Destaca-se o Universitário da Baixada Santista de 1974, quando suas músicas foram arranjadas pelo maestro e saxofonista Roberto Sion.

Desde a infância teve a sua disposição piano, harmônica, violão, e outros instrumentos à em sua casa. “Venho de uma família na qual a cultura se fez muito presente, alguns de meus parentes concertistas participavam de saraus em minha casa, com declamações de poesias de Castro Alves, Menochi Del Picchia, Augusto dos Anjos, Fernando Pessoa, Guilherme de Almeida, Gonçalves Dias”, completa.

Em 1982 passou a se dedicar exclusivamente à medicina, transferindo sua residência para a cidade de Jandaia do Sul, interior do Paraná. Durante este período montou um pequeno Hospital de Olhos e atendeu como médico oftalmologista, muitas cidades da região.

A partir de 1984 transferiu-se para e Florianópolis – SC, onde reside desde então exercendo sua profissão médica e, por vezes, atuando na área da construção civil. Gosta de construir casas.

Seu esporte é natação, e não abre mão de sua atividade predileta: o motociclismo. Desde os dezoito anos teve motos. Atualmente sua paixão é a moto VTX 1800 cc da Honda, com a qual rompe distâncias, sempre acompanhado de sua inseparável esposa Ana Carmen.

Sobre o evento

Na noite de autógrafos Luiz Barboza Neto, que também é músico e já gravou 4 cds, dois instrumentais e dois musicados, irá declamar alguns poemas e realizar um pequeno pocket show com piano e voz.

O evento será realizado na Livrarias Catarinense, no Beiramar Shopping, Piso Joaquina, rua Bocaiúva, nº 2468, piso Joaquina, em Florianópolis. A entrada é gratuita. Mais informações: (48) 3271.6001.