21 C
fpolis
segunda-feira, dezembro 6, 2021
cinesytem

Noite de premiação nesta sexta no encerramento do FAM

spot_imgspot_img

Noite de premiação nesta sexta no encerramento do FAM

spot_img

Hotel Atlântico, de Suzana Amaral, é o último filme da Mostra de Longas. Sessão terá a presença da diretora

O 14º Florianópolis Audiovisual Mercosul – FAM 2010 encerra nesta sexta-feira com cerimônia de premiação e exibição de Hotel Atlântico, último filme da Mostra de Longas Mercosul, com a presença da diretora, Suzana Amaral, e transmissão ao vivo pela internet, feita pelo Laboratório de Educação a Distância da UFSC.

Às 19h30 começa a premiação, com a presença de realizadores e equipes dos filmes. Irão receber o Troféu Panvision do Prêmio Júri Oficial às melhores produções das mostras competitivas de Curtas Mercosul e Vídeos Mercosul, cada um em 12 categorias, e o melhor filme da Infanto-Juvenil. O prêmio do Júri Popular será entregue ao melhor curta-metragem 35 mm, melhor vídeo e melhor infanto-juvenil.

No Júri Especial, será lançada a primeira edição do Prêmio Gerlach/Cinemateca Catarinense de reconhecimento ao cinema catarinense, que faz uma homenagem ao Funcine, o Fundo Municipal de Cinema de Florianópolis, que há 21 anos incentiva e cede equipamentos para as produções catarinenses. Foram convidados para receber a homenagem o prefeito de Florianópolis, Dário Berger, e Rodolfo Pinto da Luz, superintendente da Fundação Franklin Cascaes.

As demais premiações do Júri Especial são o Prêmio Quanta, entregue ao melhor curta e ao melhor vídeo, os prêmios Megacolor, Estúdios Mega e Jamef ao melhor curta 35 mmm e o Prêmio Kodak ao melhor vídeo.
Última sessão – Depois da cerimônia de encerramento começa a última entre as 133 sessões do FAM. Suzana Amaral irá apresentar Hotel Atlântico, terceira produção nacional exibida entre os oito longa-metragens da Mostra de Longas Mercosul.

Suzana é a premiadíssima diretora de A Hora da Estrela, baseado no romance de Clarice Lispector (1985). O filme deu à protagonista, Marcela Cartaxo, o prêmio de melhor atriz no Festival de Berlim. Em 2000, Suzana realizou Uma Vida em Segredo. Hotel Altântico é seu terceiro longa, com roteiro que ela mesmo adaptou a partir do livro homônimo de João Gilberto Noll, publicado em 1989. Suzana dirigiu vários documentários e séries para televisão.

É a história de um ator solitário, desempregado e recalcado que embarca numa viagem aparentemente sem sentido: road-movie ou anti-road-movie? Neste caminho vive situações inesperadas e insólitas encontrando personagens igualmente estranhos e absurdos. Partindo de São Paulo em direção ao sul, o filme tem locações na Praia do Campeche, em Florianópolis. No elenco os destaques de Júlio Andrade (de O Homem que Copiava), João Miguel (de Estômago), Mariana Ximenes, Gero Camilo (de Carandiru) e Helena Ignez, atriz emblemática do cinema marginal, viúva do cineasta catarinense Rogério Sganzerla e que também foi casada com Glauber Rocha.

A direção de fotografia é do muitas vezes premiado José Roberto Eliezer, de A Dama do Cine Shangai, O cheiro do Ralo, A Dona da História, A Grande Arte, entre outros filmes.

Hotel Atlântico foi selecionado para o 34º Festival Internacional do Filme de Toronto (Canadá) e deu a Gero Camilo os prêmios de melhor ator coadjuvante Festival Internacional de Cinema do Rio de Janeiro 2009 (premiére Brasil) e de melhor ator pela Associação Paulista de Críticos de Arte (2010).

Hotel Atlântico, de Suzana Amaral, encerra programação do 14º FAM

Terceira produção nacional a se apresentar entre os oito longa-metragens exibidos na programação do 14º Florianópolis Audiovisual Mercosul (FAM), Hotel Atlântico, de Suzana Amaral, fecha com chave de ouro a edição do festival deste ano. O filme será exibido às 21 horas desta sexta-feira, no Centro de Cultura e Eventos da UFSC, com entrada gratuita e a presença da diretora, após a cerimônia de encerramento e premiação, que começa às 19h30.

Suzana é a premiadíssima diretora de A Hora da Estrela, baseado no romance de Clarice Lispector (1985). O filme deu à protagonista, Marcela Cartaxo, o prêmio de melhor atriz no Festival de Berlim. Em 2000, Suzana realizou Uma Vida em Segredo. Hotel Altântico é seu terceiro longa, com roteiro que ela mesmo adaptou a partir do livro homônimo de João Gilberto Noll, publicado em 1989. Suzana dirigiu vários documentários e séries para televisão.

É a história de um ator solitário, desempregado e recalcado que embarca numa viagem aparentemente sem sentido: road-movie ou anti-road-movie? Neste caminho vive situações inesperadas e insólitas encontrando personagens igualmente estranhos e absurdos. Partindo de São Paulo em direção ao sul, o filme tem locações na Praia do Campeche, em Florianópolis. No elenco os destaques de Júlio Andrade (de O Homem que Copiava), João Miguel (de Estômago), Mariana Ximenes, Gero Camilo (de Carandiru) e Helena Ignez, atriz emblemática do cinema marginal, viúva do cineasta catarinense Rogério Sganzerla e que também foi casada com Glauber Rocha.

A direção de fotografia é do muitas vezes premiado José Roberto Eliezer, de A Dama do Cine Shangai, O cheiro do Ralo, A Dona da História, A Grande Arte, entre outros filmes.

Hotel Atlântico foi selecionado para o 34º Festival Internacional do Filme de Toronto (Canadá) e deu a Gero Camilo os prêmios de melhor ator coadjuvante Festival Internacional de Cinema do Rio de Janeiro 2009 (premiére Brasil) e de melhor ator pela Associação Paulista de Críticos de Arte (2010).

spot_img
spot_img

Leia mais