21.5 C
fpolis
terça-feira, maio 24, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Portal da Balneabilidade do IMA registra 53 mil acessos desde o início da atual temporada

spot_img

Portal da Balneabilidade do IMA registra 53 mil acessos desde o início da atual temporada

spot_imgspot_img

O site balneabilidade (balneabilidade.ima.sc.gov.br) foi lançado pelo Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) em dezembro de 2018. O portal apresenta todas as informações relativas ao monitoramento da qualidade da água do mar para banho no litoral catarinense e recebe visitas do Brasil e de várias partes do mundo.

Desde o início da temporada até o momento, o site já registrou 53 mil acessos. Usuários de Santa Catarina são os que mais acessam o portal, seguidos pelos turistas do Rio Grande do Sul e Paraná, respectivamente. São registradas ainda buscas com origem em São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás, entre outros. De visitantes estrangeiros, a Argentina é o país que lidera o número de visitas ao portal. Paraguai, Uruguai, Estados Unidos, Chile, Bolívia, Alemanha e Canadá vêm na sequência.

O portal é adaptado também para celular e traz o histórico dos pontos, mapa indicando a situação de cada praia, além do relatório completo para pesquisas de qualquer cidadão. “Trata-se de uma ferramenta completa que disponibiliza informações de um serviço de utilidade pública essencial, principalmente, na temporada de verão”, explica o diretor de Engenharia e Qualidade Ambiental do IMA, Fábio Castagna da Silva.

Os resultados são das coletas efetuadas em 27 municípios litorâneos, em mais de 100 praias e balneários do sul ao norte, compondo os seguintes municípios: Araranguá, Bal. Arroio do Silva, Bal. Gaivota, Bal. Camboriú, Bal. Barra do Sul, Bal. Rincão, Barra Velha, Biguaçu, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Gov. Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Balneário Piçarras, Porto Belo, São Francisco do Sul e São José.

Sobre o relatório
O IMA analisa as águas de cada balneário e determina se os locais estão contaminados ou não por esgotos domésticos. A existência de esgoto é verificada por meio da contagem da bactéria Escherichia Coli, cujo hábitat é o trato gastrointestinal de humanos e outros animais de sangue quente.

Para que um balneário seja considerado próprio para banho é necessário que no mínimo 80% das amostras coletadas nas cinco semanas anteriores a quantidade dessa bactéria seja inferior a 800 por 100 mililitros. O ponto é classificado automaticamente como impróprio se a concentração de E. coli superar 2000 por 100 mililitros, independente dos 4 resultados anteriores.

Atualmente, durante a baixa temporada, de abril a outubro, o monitoramento da balneabilidade é realizado mensalmente. Já de novembro a março, na alta temporada, as análises são realizadas semanalmente e os resultados são divulgados às sextas-feiras no período vespertino.

O Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) faz o monitoramento da balneabilidade no estado há mais de 40 anos e compartilha informações que são de domínio público com o objetivo de zelar pela saúde da população. Em eventos de elevada precipitação pluviométrica, combinado com a maré, direção do vento, entre outras variáveis ambientais, podemos observar eventualmente a impropriedade de algum balneário.

Os pontos monitorados pelo IMA são identificados com placas de sinalização. Desta forma, vale lembrar a população que a retirada, adulteração e/ou qualquer ato de vandalismo das placas que indicam se o ponto está próprio ou impróprio para banho é crime ambiental previsto na Lei nº 9.605/98.

Imagens: Divulgação IMA

editor.deolhonailhahttp://www.deolhonailha.com.br
O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.
spot_img