14.6 C
fpolis
quarta-feira, agosto 10, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Prazer em cozinhar é o segredo de Bassoleil

spot_imgspot_img

Prazer em cozinhar é o segredo de Bassoleil

spot_imgspot_img

No Workshop de Gastronomia Internacional, o chef francês Emmanuel Bassoleil apontou o amor como o ingrediente fundamental para a gastronomia de sucesso

Provocando risos dos participantes, o chef francês Emmanuel Bassoleil apresentou o seu Bouef Bourguignon parodiando-o com os desfiles de moda: “Também trago no verão uma tendência de inverno!”, brincou. O bouef bourguignon é um prato clássico da culinária francesa e, por ser um prato com grande quantidade de carne vermelha e regado a vinho tinto, é considerado uma receita para dias frios. Além desta, o chef preparou o ceviche de robalo com leite de coco para a entrada e a sopa gelada de frutas vermelhas ao vinho Beaujolais no workshop que movimento a Lagoa da Conceição na noite da última quarta-feira (21).

A descontração do chef foi um dos pontos altos do workshop. Por mais de duas horas, ele entreteve a platéia com brincadeiras e piadas dignas do humor brasileiro. Assim como os outros chefs que participaram das oficinas do Floripa Tem, Bassoleil também acredita que a simplicidade é um dos pontos principais para o sabor do prato. “O importante não é o prato a ser preparado, mas o carinho com que você o fará”, diz.

Para ele, o segredo do sabor não está na receita, mas no preparo. “A receita só deve ser seguida para se saber quais os ingredientes que se deve comprar. Se você segue às regras, perde o prazer da cozinha. Receitas estão disponíveis em qualquer lugar, o truque está na satisfação em cozinhar”, conclui.

No preparo da receita de entrada para o Floripa Tem, Bassoleil acrescentou: “O ceviche de robalo, pelo fácil preparo, pode ser servido com torradas, como um canapé diferenciado”. Já para a sobremesa, o chef confessou outro segredo: “Esta sopa era uma das preferidas da culinária do meu avô. Fazê-la me transporta para minha infância na Borgonha. O quê gosto de comer, faço com mais prazer ainda”.

Segundo o chef, Florianópolis é uma das cidades que melhor acompanha as tendências da gastronomia sem deixar de valorizar a culinária local. “Os catarinenses já possuem a base e a matéria prima, nós apenas acrescentamos um tempero diferente no caldo de vocês”.

spot_img

Leia mais