20 C
fpolis
sábado, maio 28, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Prefeitura entrega cinco novas moradias no Maciço do Morro da Cruz

spot_img

Prefeitura entrega cinco novas moradias no Maciço do Morro da Cruz

spot_imgspot_img

Cinco novas moradias foram entregues na manhã desta terça-feira, 23,  pela Prefeitura de Florianópolis em comunidades do Maciço do Morro da Cruz: quatro casas modulares (que integram o lote de 20 moradias resultantes do convênio entre o município e a Defesa Civil estadual) e uma casa de alvenaria, construída com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal.

Desta vez, foram beneficiadas três famílias do Mont Serrat, uma do Jagatá e uma do Mocotó, que receberam chaves e documentos das mãos do prefeito Cesar Souza Junior e do secretário de Habitação, Domingos Zancanaro. De acordo com o secretário de Habitação, já na próxima semana outras moradias serão entregues para famílias que residem no Maciço.

As entregas das chaves começaram às 10h30, na servidão Amador Gonçalves, no Mont Serrat, com Maria Isolete da Silva, de 51 anos, que vai viver ali com o marido, Eduardo Luiz Rosa, a filha e dois netos, Richard e Douglas, de 16 e 6 anos, respectivamente. Uma das mais antigas moradoras da rua, dona Isolete vive no Mon Serrat desde que veio de Lauro Muller, aos 10 anos. Na comunidade passou sua infância, casou, criou os filhos e viu a casa em que morava ser consumida pelo tempo, até ser condenada pela Defesa Civil.

A segunda residência modular foi entregue a poucas quadras dali, na servidão do Encano, também no Mont Serrat. Os beneficiados foram Paulo Roberto do Nascimento e a esposa Izabel, que vão morar com três dos sete filhos do casal. Izabel contou que antes eles viviam com a mãe dela, no mesmo terreno, em condições precárias.

Na sequência, o grupo seguiu para a casa de Tânia Ferreira da Silva, que teve de esperar muito pela nova moradia, e infelizmente não pôde estar presente para receber as chaves, entregues à sua mãe, Terezinha. A casa de Tânia começou a ser construída há quase dois anos, mas a empresa que venceu a primeira licitação para construir as moradias de alvenaria no Maciço desistiu do contrato, e novo processo licitatório precisou ser instituído. Só depois de todo o processo legal e da contratação da nova empresa é que a construção da residência pôde ser reiniciada.

As chaves foram entregues a dona Terezinha, que abrigava a família toda em sua casa, nos fundos do mesmo terreno. Além de Tânia e do marido, os filhos dela, Luiz Felipe e Lizandra, com sua  pequena Maria Luíza, de 1 ano e oito meses, vão morar na casa de alvenaria.

A quarta casa entregue na manhã de terça-feira pertence a Nadir Scoz, moradora da servidão Furtado,  na comunidade do Jagatá. Nadir contou que sempre sonhou que caminhava por um caminho estreito, e via as chaves da casa balançando na sua frente.

Já passava do meio-dia quando a quinta casa foi entregue, na comunidade do Mocotó, onde Ivete dos Santos, que também teve sua casa comprometida pelo estado de precariedade, comemorava ao lado da neta e da bisnetinha Nicole, de seis meses, a entrega da nova residência.

“Na semana passada, quando começou a trazer os móveis para a casa, dona Ivete já chorava de emoção só de pensar na casa onde iria morar”, explicou o secretário. “Vemos aqui três gerações vivendo juntas”, emendou o prefeito Cesar Souza.

spot_img