17.2 C
fpolis
terça-feira, maio 17, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Procon interdita agência bancária no Centro de Palhoça

spot_img

Procon interdita agência bancária no Centro de Palhoça

spot_imgspot_img

 A Secretaria de Defesa do Cidadão de Palhoça fechou uma agência bancária do Santander, localizada no Centro, nesta segunda-feira, 9. O local já acumulava mais de 60 reclamações formalizadas pessoalmente no Procon por conta das longas filas para o atendimento. Em muitos casos a espera chegava a mais uma hora e meia.

O secretário da pasta, Cláudio Monteiro, determinou a interdição da agência, após analisar as reclamações e pedir uma visita ao estabelecimento. Foram constatadas irregularidades como clientes aguardando atendimento sentados no chão, além de guichês fechados.

O Procon lavrou um auto de interdição, com base na Lei Municipal nº 1.110/2000 que regulamenta o tempo de espera de no máximo 20 minutos em dias normais e tolera até 30 minutos antes, pós feriados e em data de pagamento de funcionários públicos.

“Nós já havíamos baixado, em fevereiro, a Portaria n° 003/2016 determinando que todas as agências do município, funcionassem com capacidade máxima dos guichês do dia 1º ao dia 10 de cada mês, antes e após feriados, bem como nas datas de pagamentos de funcionários de todas as esferas públicas. Quem descumprir, vai sofrer as consequências previstas em lei”, disse o diretor do Procon de Palhoça, Élcio Schmitz.

O secretário de Segurança, Cláudio Monteiro, destacou que essa é a primeira vez que uma agência bancária é fechada em Palhoça. “Para o banco é uma perda financeira muito grande. Se houver resistência da medida, pode haver a prisão do gerente sob desobediência cível, com base no Artigo 330 no Código Penal Brasileiro”, conclui.

 

spot_img