21 C
fpolis
sábado, janeiro 29, 2022

Projeto Andares reúne em Florianópolis artistas de cidades catarinenses

Projeto Andares reúne em Florianópolis artistas de cidades catarinenses

spot_img

Entre os dias 16 e 19 de março será realizado em Florianópolis o Projeto Andares, uma residência artística envolvendo criadores catarinenses cujos trabalhos enfatizam relações de diálogo entre arte e cidade. Sob coordenação e direção de Bianca Scliar, artista formada pela UDESC (Universidade do Estado de Santa Catarina) e Loli Menezes, formada em cinema pela UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), dez artistas de diversas regiões do estado vão investigar processos da arte contemporânea e propor performances, ações e intervenções no Edifício das Diretorias e pelas ruas do centro da capital.

Financiado com recursos da FUNARTE esta será uma das primeiras experiências de “residência artística”, prática comum em outros países, a ser realizada em Florianópolis. O público poderá participar desse processo inscrevendo-se para assistir as performances no Edifício das Diretorias. Em algumas situações apenas como espectadores, mas na maioria das vezes como participantes ativos das intervenções.

No blog do projeto www.projetoandares.blogspot.com é possível acompanhar os trabalhos do grupo e conhecer as obras e ideias dos artistas selecionados para a residência.

Biografia das coordenadoras:

Bianca Scliar

Graduada em Artes Plásticas pela UDESC e com mestrado em Arte Pública e Estratégias Contemporâneas pela Bauhaus Universtiät, Alemanha. Em seu trabalho a artista interdisciplinar investiga fluxos urbanos, expansão do conceito de coreografia e utilização de objetos performáticos na cidade. Atualmente é doutoranda da Concordi University em Montreal, onde pesquisa intersecções entre urbanismo, dança e artes visuais em performance. É membro do Conselho Editorial de INFLEXIONS, A Journal for Research Creation, que fomenta a junção entre Filosofia e Arte Contemporânea.

Loli Menezes

Graduada em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina, cursou Cinema e Vídeo na Universidade do Sul de Santa Catarina. Trabalhou com diferentes bitolas, super 8, 16mm, vídeo digital e analógico, 35mm, exercitando o olhar e experimentando diferentes texturas. Em 2005 fundou a Vinil Filmes, associação cultural com sede em Florianópolis. Diretora premiada dos curtas Ocorredor e Isto não é um filme. Atualmente se dedica também à produção de documentários e à experimentação de outras linguagens nas artes visuais, como videoarte e intervenções com performances.

Os artistas selecionados para ANDARES:

Angela Waltrick – Lages
Adrian Herberto Guzman (MakeOne) – Itajaí
Asdra Martin – Florianópolis
Cleístenes Grott – Florianópolis
Bruno Bachmann – Blumenau
Fernando Weber – Palhoça
Joelson Bugila – Criciúma
Marina Baldini – Florianópolis
Silmar Pereira – Florianópolis
Suzana Sedrez – Blumenau

spot_img
spot_img