23.9 C
fpolis
domingo, janeiro 23, 2022
cinesytem

Projeto Cão Terapia comemora quatro anos de história

Projeto Cão Terapia comemora quatro anos de história

spot_img

Uma festa especial para os peludinhos do canil municipal de Florianópolis está sendo organizada. Festejar é preciso, sem esquecer o motivo maior: promover a adoção

O que leva milhares de pessoas a se dedicar aos animais abandonadas e vítimas de maus-tratos? O amor. Quem tem despertado esse sentimento pelos bichos – com raça ou os de pura raça – propaga um bem coletivo em ampla expansão nos dias atuais, a militância em defesa deles. A Cão Terapia – projeto semanal da Ong OBA – Organização Bem-Animal -, nasceu com o objetivo de buscar uma sociedade que respeite a vida, que trate pessoas e animais com o valor que eles têm. Filosofia que ganha força, que conquista adeptos, que imprime mudança no cotidiano. Dia 19 de maio, o projeto Cão Terapia completa seu quarto ano de luta e dedicação à causa. E a festa, que tem o foco principal na adoção dos cães e gatos abandonados e felizmente hoje resgatados pela Diretoria do Bem-Estar Animal de Florianópolis, será em plena Cão Terapia.

O projeto é carro chefe da entidade, que conta com a participação de 60 voluntários todos os finais de semana, e desperta a certeza de muitos para a adoção. Nas tardes ensolaradas de sábado ou domingo – tudo depende da previsão do tempo – homens, mulheres, crianças e idosos entregam-se aos cães. Cães entregam-se aos voluntários, dão e recebem carinho, brincam, latem, vivem os momentos tão aguardados da semana. E eles realmente esperam por isso. No aniversário da Cão Terapia, mais um motivo para estar lá, além deles, é reforçar esta campanha tão importante e necessária.

“Estamos lidando diariamente com uma cultura de descarte. As pessoas tratam os animais como bens descartáveis. Cansou, jogou na rua. Queremos despertar a responsabilidade dessas pessoas, fazê-las enxergar que cães e gatos são seres que precisam de cuidado, criam vínculos afetivos, amam e sofrem. Entre ter um bicho sem a certeza de querê-lo para o resto da vida, não tenha. Para os que querem um companheiro para a vida inteira, insistimos: não compre, adote! Hoje no CCZ e em diversos outros lares temporários, vários esperam por um lar, vários são jogados nas ruas todos os dias e segundos. Esse ciclo tem que acabar”, defende Ana Lúcia Martendal, diretora da Ong OBA e idealizadora da Cão Terapia. A confraternização será no dia 21 de maio (sábado), a partir das 14h30 e é aberta ao público. O canil municipal fica no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), ao lado do cemitério do Itacorubi, na SC-401. Se chover, a festa será no sábado seguinte, 28 de maio.

Mais informações: (48) 9114-2537 ou oba@obafloripa.org

spot_img
spot_img