17.6 C
fpolis
domingo, outubro 24, 2021
cinesytem

Psoríase: especialista explica o que é e como a doença se manifesta

spot_img

Psoríase: especialista explica o que é e como a doença se manifesta

spot_img

Estima-se que a doença atinja mais de 125 milhões de pessoas no mundo e mais de cinco milhões apenas no Brasil

A psoríase é uma doença inflamatória, crônica, imunomediada, de base genética, que pode atingir a pele, as articulações ou as unhas. Ela se manifesta na maioria das vezes como placas eritematosas descamativas. De acordo com dados da ONG Psoríase Brasil, a doença acomete mais de cinco milhões de brasileiros, sendo mais comum após os 50 anos. No entanto, o mal pode aparecer em outras fases da vida.  Desde 2016 que a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), elabora ações anuais, sempre no mês de outubro, que visam esclarecer dúvidas acerca da doença e combater o preconceito.

Professora de medicina do Idomed Jaraguá do Sul, a dermatologista Dra. Fabíola Anders explica que a psoríase tem natureza multifatorial e aparece de diversas formas, sendo a mais comum a conhecida como Psoríase Vulgar. “Ela forma placas secas avermelhadas com escamas prateadas ou esbranquiçadas. Elas têm diversos tamanhos e apresentações clínicas de acordo com a localização na pele, couro cabeludo ou unhas.”

A professora diz que não existe uma causa exata para a doença. “Geralmente, na medicina, quando não se sabe a causa exata de uma doença não se pode falar em cura. Mas podemos falar em controle. A Psoríase pode ser controlada com tratamentos que melhoram a qualidade de vida do paciente”.

“Essa é uma doença que tem gatilhos, ela tem fatores que funcionam como desencadeantes ou agravantes. Existem fatores locais como traumas, queimaduras, infecções, o uso de cigarros e álcool, além de alguns medicamentos que podem agravar ou desencadear a doença como anti-inflamatórios, beta bloqueadores, corticoide sistêmico, além é claro, além é claro dos fatores psicológicos como depressão e ansiedade” diz a professora.

A dermatologista ressalta ainda que a psoríase não é contagiosa. “Acredito que o que mais interfere na qualidade de vida dos pacientes com a doença é o preconceito, o estigma. Ela causa um desconforto estético muito grande. Cabe ao médico orientar o paciente e oferecer um tratamento adequado para que a pessoa possa ter uma melhor qualidade de vida”.

editor.deolhonailhahttp://www.deolhonailha.com.br
O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.
spot_img
spot_img