23.9 C
fpolis
domingo, janeiro 23, 2022
cinesytem

Sindicato das Escolas Particulares de SC refuta governo e reafirma urgência da volta às aulas

Sindicato das Escolas Particulares de SC refuta governo e reafirma urgência da volta às aulas

spot_img

 

“O retorno às aulas pretendido pelo governo do estado, por grupos e regiões, é uma ideia que não tem sustentação alguma. É um retrocesso, baseado em opiniões, sem nenhum lastro científico, e acaba prejudicando as crianças, em especial, as quais são aqueles que mais têm necessidade de retorno imediato à escola.”

Palavras do professor Marcelo Batista de Sousa, presidente do Sindicato das Escolas Particulares de Santa Catarina (SINEPE/SC), após avaliar o “Mapa de risco para Covid-19” divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado.

Frisa professor Marcelo Batista de Sousa que a decisão do governo, de permitir a volta dos alunos às aulas, inicialmente pelas mais velhos e depois os mais novos, vai contra as experiências bem sucedidas no mundo inteiro e colide frontalmente com a realidade do nosso contexto, tanto de saúde, quanto social e econômico. Isso porque se for feita a contagem de crianças que têm sido hospitalizadas, ou que estão nas estatísticas da propagação do vírus, esse número é inexpressivo, segundo revelam as autoridades.

 

spot_img
spot_img