18 C
fpolis
quarta-feira, dezembro 8, 2021
cinesytem

Venda da indústria catarinense sobe 2,1% entre janeiro e novembro de 2013, aponta pesquisa da FIESC

spot_imgspot_img

Venda da indústria catarinense sobe 2,1% entre janeiro e novembro de 2013, aponta pesquisa da FIESC

spot_img

As vendas da indústria catarinense tiveram alta de 2,1% no acumulado de janeiro a novembro de 2013. Os dados integram a pesquisa Indicadores Industriais, divulgada pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC).

Entre os principais setores do Estado se destacaram os de veículos e autopeças, que faturou 14,9% a mais, equipamentos de informática e eletrônicos (13,3%) e produtos de metal (12,8%). Os maiores recuos foram registrados pelos segmentos de produtos têxteis (-5%), produtos alimentícios (-3,7%) e produtos de plástico (-3,1%). Os dados integram a pesquisa Indicadores Industriais, divulgada pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) nesta sexta-feira (17).

Outros indicadores também acumularam alta no período, com o número de horas trabalhadas subindo 1,8%, a massa salarial real aumentando 2% e a utilização da capacidade instalada ganhando 1,4 ponto percentual e atingindo 83,5%. Nacionalmente, segundo a CNI, houve aumentos de 4% no faturamento, de 0,1% no número de horas trabalhadas e de 2% na massa salarial real.

Em novembro, as vendas subiram 2,2%, em Santa Catarina, na comparação com o mesmo mês de 2012. Na comparação com outubro, no entanto, houve desaceleração de 3,9%. Entre os fatores apresentados pela queda em relação ao mês anterior estão o menor número de dias trabalhados e a sazonalidade. Os setores que mais recuaram nesta comparação foram os de máquinas e equipamentos, que caiu 20,9%, produtos de metal (-12,9%) e minerais não metálicos (-6,6%).

Também na comparação entre outubro e novembro houve aumento de 2,3% na massa salarial real e recuo de 4,7% no número de horas trabalhadas.

 

spot_img
spot_img