15.6 C
fpolis
quinta-feira, setembro 16, 2021
cinesytem

1º Festival de Ostras do Ribeirão da Ilha ocorrerá entre os dias 7 e 9 de dezembro

spot_img

1º Festival de Ostras do Ribeirão da Ilha ocorrerá entre os dias 7 e 9 de dezembro

O 1º Festival de Ostras do Ribeirão da Ilha, em Florianópolis, que terá como objetivo de amenizar os prejuízos dos maricultores com o cancelamento da Fenaostra, ocorrerá de 7 a 9 de dezembro no loteamento Portal do Ribeirão da Ilha.

O evento será organizado pelas associações dos maricultores em conjunto com o conselho comunitário do bairro. Nesta quinta-feira, 29, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, declarou apoio ao festival.

O secretário João Rodrigues explica que a decisão de apoiar a realização do evento partiu da Secretaria para que os maricultores não tivessem prejuízo, pois já estavam se preparando para Fenaostra e tinham investido em alimentos, temperos e materiais.

Preços

O estacionamento custará R$ 5 com seguro e a entrada, R$ 5. O preço de meia dúzia da ostra gratinada será de R$ 13; o de meia dúzia de ostras inatura abertas, R$ 10; e ao bafo, R$ 8. O custo para levar as ostras para casa também foram definidos: a dúzia da ostra gratinada congelada será R$ 20 e a dúzia da inatura, R$ 6.

Estrutura

A estrutura do festival ficará por conta do governo. Serão investidos cerca de R$ 100 mil para montar a estrutura do pavilhão, o parque e as barracas que serão distribuídss em um espaço de 3.000 metros quadrados de área.

De acordo com o presidente da Cooperostras, Henrique da Silva, o artesanato de Florianópolis terá espaço no festival com 30 estandes para valorizar a cultura açoriana, contemplando a dança e folclores.

A montagem, divulgação e realização do evento serão de responsabilidade da comunidade e das associações de maricultores de Florianópolis: Asimar (Associação Sul da Ilha de Maricultores); Amaquai (Associação das Mulheres Aquicultoras); Amase (Associação dos Maricultores do Sul da Ilha); Amane (Associação dos Maricultores do Norte da Ilha) e a Amplosul (Associação dos Maricultores e Pescadores Profssionais do Sul da Ilha), e a Rede Rosa (Associação das Mulheres Empreendedores do Sul da Ilha).

Economia

Santa Catarina é responsável por 95% da produção nacional de moluscos bivalves (ostras, mexilhões, berbigões e vieiras). Hoje existem 695 famílias envolvidas no cultivo das ostras, mexilhões e vieiras, que integram 28 associações municipais, uma estadual, além de duas federais e duas cooperativas.


spot_img
spot_img

Leia mais

spot_img