27.1 C
fpolis
terça-feira, novembro 30, 2021
cinesytem

Temporada de verão de Florianópolis prevê a vinda de 1 milhão de turistas

spot_img

Temporada de verão de Florianópolis prevê a vinda de 1 milhão de turistas

spot_img

A expectativa é da Secretaria Municipal de Turismo da Capital

O verão em Florianópolis promete ser, mais uma vez, um sucesso. A expectativa da Secretaria Municipal de Turismo é que 1 milhão de pessoas passem pela Ilha, nos meses de dezembro de 2011 a abril de 2012.

De acordo com dados da INFRAERO a previsão é que 543 vôos de empresas aéreas internacionais e 28 vôos de empresas aéreas nacionais cheguem à cidade, uma média de 68.520 turistas internacionais vindos da Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai. No ano passado foram 463 vôos. Já a Associação Brasileira das Empresas de Turismo de Aventura está prevendo um aumento de 30% de turistas em relação ao ano passado. Quanto a ocupação hoteleira, a previsão da ABIH – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) é que 75% dos leitos estejam ocupados na temporada.

Capital é um dos principais destinos do país

Florianópolis é um dos principais destinos para turismo no Brasil. Isso se dá em virtude dos destaques da cidade, como por exemplo, por ter um dos melhores índices de qualidade de vida do país. Além disso, a Capital de Santa Catarina também se evidencia pela sua multiplicação de destinos, ou seja, por ter em um único lugar praias, paisagens rurais, baladas, ecoturismo, cavalgadas, surf e esportes radicais. A cidade também possui uma diversidade de belezas naturais, com montanhas, mar, lagoas, Mata Atlântica, restingas e manguezais.

A Ilha da Magia possui o IDH – índice de desenvolvimento humano de 0,840, considerado alto, perdendo apenas para o Distrito Federal. Também é considerada a Capital com a mais alta qualidade de vida do país e a quarta melhor cidade do Brasil para se viver, de acordo com a ONU. Um estudo realizado pela Escola Brasileira de Administração Pública apontou Florianópolis como a oitava cidade do Brasil para um profissional fazer carreira. Além disso, é a primeira capital do Brasil e a terceira cidade do país no ranking de inclusão digital, apontada em um estudo elaborado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), com uma taxa de 33,29%.

spot_img
spot_img

Leia mais