20.6 C
fpolis
sábado, setembro 25, 2021
cinesytem

Florianópolis vai perder o conceito de cidade desejada?

spot_img

Florianópolis vai perder o conceito de cidade desejada?

spot_img

por Jailson de Sá

O que se viu nesta terça-feira, 01/03, no trânsito da Capital catarinense foi a prova de que a cidade está sem comando. Um executivo de pulso, responsável e cumpridor da sua função, não permitiria que sua cidade – recebendo turistas para o Carnaval – passasse no mesmo dia por obras, como as que se constatou nos acessos ao Sul e Norte da Ilha. Quem passou pelos locais na hora do rush, pode comprovar o caos que foi.

Fuja enquanto há tempo

As obras tão necessárias no acesso ao Sul da Ilha proporcionaram ao longo de toda a terça-feira um sofrimento a quem precisou ir e vir daquela região. Avisados pelos meios de comunicação de que aquele local estava em obras e que o melhor seria ir para o Sul da Ilha pela Lagoa da Conceição, levou milhares de motoristas àquele caminho. O que se viu: congestionamentos na Beira-Mar e vias adiante, completamente ‘trancadas”. Não somente por causa das obras da Zona Sul. Havia também naquele horário do rush, o estorvo das obras na SC 401, logo após a Avenida da Saudade, para consertos de guard-rail, programadas para o horário das 18h00 às 24h00. É mole?!

E se alguém da Prefeitura de Florianópolis for procurada para comentar o fiasco, sugerimos não argumentar que é mais barato fazer obras no horário das 18h00 às 24h00, em relação a fazê-las entre 00h00 e 06h00. Nenhuma pessoa que sofreu com o episódio vai aceitar e apoiar essa falta de respeito com o povo de Florianópolis.

Com a palavra o Prefeito Dário Elias Berger, maior autoridade do município.

spot_img
spot_img

Leia mais