23 C
fpolis
domingo, novembro 28, 2021
cinesytem

Programa do Governo do Estado vai resultar na geração de 100 empresas em Santa Catarina

spot_img

Programa do Governo do Estado vai resultar na geração de 100 empresas em Santa Catarina

spot_img

O Governo de Santa Catarina lançou, nesta sexta-feira (23), um programa de
incentivo à inovação que deve resultar na geração de 100 empresas e na
criação de produtos ou processos inovadores. A Operação 2011 do Programa
Sinapse da Inovação foi apresentada numa webconferência assistida por
internautas e representantes das secretarias de Desenvolvimento Regional
nos mais variados pontos do Estado. No evento, que contou com a presença
do governador Raimundo Colombo, foi anunciado o portal pelo qual as ideias
inovadoras podem ser submetidas (www.sinapsedainovacao.com.br).

“Estamos aproveitando e desenvolvendo talentos. Para uma empresa que está
iniciando, um aporte de R$ 50 mil é muito significativo; ainda mais porque
há programas de apoio como o Juro Zero”, afirmou o governador Raimundo
Colombo. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Sustentável, Paulo
Bornhausen, vale destacar que o Sinapse faz parte de um programa maior, o
Inov@SC, que vai gerar milhares de empregos em Santa Catarina.

O portal desta edição do Sinapse teve aperfeiçoamentos em relação ao
anterior para ser mais fácil de usar e poder ser acessado não só de
computadores com diferentes sistemas operacionais, mas também de tablets e
smartphones. Deste modo, milhares de ideias inovadoras poderão ser
captadas até dia 18 de novembro e, a partir desta data, 300 delas serão
selecionadas para virarem projetos de empreendimentos após cursos de
capacitação a distância a serem oferecidos pelo Serviço Brasileiro de
Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) – Regional SC e pela Fundação
Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (Certi).

„Vamos transformar 100 pessoas em CNPJ‰, disse o superintendente do
Sebrae/SC, Carlos Guilherme Zigelli, lembrando que a entidade vai aportar
R$ 2,5 milhões para o Sinapse. A mesma quantia será repassada pela
Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina
(Fapesc). O presidente da instituição, Sergio Luiz Gargioni, lembrou que
não é preciso ser PhD para submeter ideias: estudantes, professores e
profissionais de quaisquer áreas podem participar.

A Operação 2010 do Sinapse resultou em protótipos como o de uma tomada à
prova de choque elétrico, um game para treinamento em segurança no
trabalho, uma ducha digital inteligente e um processo para transformação
de resíduos de petróleo em petróleo, entre outros. O programa foi lançado
em 2008, com um projeto piloto na Grande Florianópolis. No ano de 2009,
entrou em operação em todo Estado. Neste ano, serão adotadas medidas para
que as diversas regiões sejam contempladas e que os recursos permitam um
desenvolvimento tecnológico equilibrado no território catarinense.

spot_img
spot_img