16.3 C
fpolis
segunda-feira, outubro 18, 2021
cinesytem

Ato pede a transformação da Ponta do Coral em Área Verde de Lazer

spot_img

Ato pede a transformação da Ponta do Coral em Área Verde de Lazer

spot_img

O Movimento Ponta do Coral 100% Pública promove nesta quarta-feira, a partir das 17h, uma manifestação para pressionar a Prefeitura de Florianópolis a transformar o local em Área Verde de Lazer (AVL). O ponto de encontro será a Catedral Metropolitana.

Segundo o movimento, o prefeito Cesar Souza Junior se comprometeu, em entrevista no dia 29 de maio, a tornar a área da Ponta Do Coral “pública para a instalação do chamado Parque Cultural das 3 Pontas”, projeto apresentado e reivindicado à Prefeitura por meio do Movimento Ponta do Coral 100% Pública, desde 2011.

Apesar de ter sinalizado a favor da ideia, o movimento questiona a forma como o prefeito pretende tornar a área pública: por meio de permuta e sem retornar o zoneamento da área para AVL – Área Verde de Lazer, que é o que possibilita a criação de um parque e sua utilização pela população.

O movimento se diz contra a  "permuta" porque ela se baseia na ideia de que a área é legitimamente privada. No entanto, a venda ocorrida em 1980 é questionada. O então governador do Estado, Jorge Konder Bornhausen, vendeu a área sem que o processo tramitasse na Assembleia Legislativa de Santa Catarina após um incêndio proposital no Abrigo de Menores, cuja investigação foi arquivada.

Além disso o zoneamento atual da área (Área Turística de Lazer) permite a construção de edifícios na Ponta do Coral, supervalorizando o terreno para os benefícios privados daqueles que são apontados como donos da propriedade: a irmã do atual vice-governador, Eduardo Pinho Moreira, e a família Guglielmi.

spot_img
spot_img