24.6 C
fpolis
segunda-feira, setembro 20, 2021
cinesytem

Com foco em melhorias para o Norte da Ilha, Casan apresenta ações para a alta-temporada

spot_img

Com foco em melhorias para o Norte da Ilha, Casan apresenta ações para a alta-temporada

Um verão com um crescimento de 30% no número de turistas e mesmo assim sem apertos com a falta de água.  A confirmação foi dada pelo presidente da Casan em reunião com lideranças do setor de turismo e o prefeito Cesar Souza Jr., na tarde desta quarta-feira, 11. As informações são da assessoria da PMF.

A apresentação da Operação Verão 2015/2016 da Casan à Prefeitura de Florianópolis e autoridades foi voltada para as melhorias que estão sendo realizadas no Norte da Ilha e reforçou a importância da conscientização sobre o consumo de água na Capital nos próximos três meses.

De acordo com o plano apresentado, se a população colaborar evitando o desperdício, mesmo com aumento dos turistas, não haverá falta de água no Norte da Ilha. Segundo dados da Casan, somente esta região da cidade consome 300 litros de água por segundo, número que salta para 540 litros durante a temporada de verão.

Um dos cuidados que se pede é evitar a superlotação de imóveis, ou seja, alugar casas e apartamentos de um ou dois quartos para 20 pessoas, como costuma ocorrer.

“O imóvel que você aluga tem limites, precisamos que todos colaborem e evitem essas situações ao máximo, é ruim para a cidade, para os moradores e para os visitantes”, enfatizou o presidente da Casan Valter Gallina.

Mais 27% de água tratada no Norte da Ilha

Conforme a Casan, para este verão foram realizadas 16 ações voltadas somente para o Norte da Ilha, a mais importante é a entrega de um novo reservatório no investimento de R$3,4 milhões que irá aumentar em 27% a quantidade de água tratada na região.

“Entendemos a preocupação de todos, mas na crise que estamos vivendo saber que iremos receber mais turistas em razão da alta do dólar é motivo de comemoração. Teremos água, como nos confirma a Casan, e muitas obras importantes serão entregues como a duplicação da SC-403 e elevado de Canasvieiras”, disse o prefeito.

Ações contra comércio ilegal

Na reunião, o prefeito também anunciou medidas para conter o comércio ilegal de ambulantes nas praias. Uma delas é uma parceria com a Polícia Militar, que será fechada nesta quinta-feira, para reforçar a fiscalização nos balneários.“Eles terão autonomia para coibir o comércio ilegal, assim como nossos fiscais”, explicou.

A preocupação também é voltada para o aluguel ilegal de móveis, que segundo prefeito, também será outro foco da fiscalização este ano.

spot_img
spot_img

Leia mais