23.8 C
fpolis
segunda-feira, outubro 25, 2021
cinesytem

Cineclube da Udesc exibirá gratuitamente curtas de Zeca Pires a partir desta terça-feira

spot_img

Cineclube da Udesc exibirá gratuitamente curtas de Zeca Pires a partir desta terça-feira

spot_img

Começa nesta terça-feira, 2, às 17h, no Cineclube Presença, da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), uma série de exibições de curtas do diretor catarinense Zeca Pires no Estúdio Multimídia do Centro de Educação a Distância (Cead), no Bairro Itacorubi, em Florianópolis, com entrada gratuita. As primeiras obras serão "Manhã" e "Ilha" e, na sequência, haverá um debate com participação do cineasta. As informações são da Assessoria de  Comunicação do Governo do Estado. 

Ao longo de setembro, serão exibidos outros três curtas de Pires, sempre às terças-feiras, a partir das 17h. Confira a programação completa no perfil do projeto no Facebook

O curta "Manhã", dirigido por Zeca Pires e Norberto Depizzolatti em 1989, tem o roteiro de Tabajara Ruas e é baseado no poema "Morte do Leiteiro", do escritor Carlos Drumond de Andrade.

Filmado nas cidades catarinenses de Anitápolis e Rancho Queimado, narra o cotidiano de um leiteiro cujas tarefas são violenta e equivocadamente interrompidas. No elenco, estão três ícones da cultura catarinense: Isnard Azevedo, Ademir Rosa e Waldir Brazil.

Já "Ilha", de 2001, também com roteiro de Tabajara Ruas e direção de Pires, conta a história de Mariana, uma advogada bem sucedida da Ilha de Santa Catarina, que, depois de 25 anos sem ver o pai, recebe uma carta.

A caminho do reencontro, rememora importantes momentos da sua vida. No hospital onde se encontra, o pai faz um último pedido à filha. Ela poderá atendê-lo após tantos anos de abandono?

Sobre o diretor

Filho do poeta e educador Aníbal Nunes Pires, o diretor realizou vários documentários e curtas-metragens de ficção, sempre retratando aspectos da cultura de Santa Catarina, em especial dos habitantes da Ilha de Florianópolis.

Foi um dos criadores da Cinemateca Catarinense e do Fundo de Cinema da Capital, além do curso de Cinema e Vídeo da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul). Em 2011, lançou o longa "A Antropóloga", filmado na Costa da Lagoa, em Florianópolis.

Sobre o projeto da Udesc

O Cineclube Presença iniciou suas atividades em 2012 e hoje faz parte do projeto Ciclo de Eventos e Publicações, que está ligado ao programa de extensão Formação Arte e Inclusão, do Centro de Educação a Distância (Cead) e do Centro de Artes (Ceart), da Udesc.

O projeto busca ampliar o repertório crítico e estético dos alunos de graduação, debater aspectos estéticos do cinema e possibilitar um encontro da comunidade com a universidade. Da mesma forma, espera propiciar um ambiente para discussões relacionadas à cultura, à sociedade e à educação.
 

spot_img
spot_img