15.2 C
fpolis
segunda-feira, outubro 18, 2021
cinesytem

Coronel Araújo Gomes assume o segundo cargo mais importante da PMSC

spot_img

Coronel Araújo Gomes assume o segundo cargo mais importante da PMSC

spot_img

Aconteceu nesta sexta-feira, 28, a troca do segundo maior cargo da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC). O coronel João Henrique Silva passou o cargo de subcomandante-geral da Corporação para o coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior. O ato foi realizado no Salão Nobre do Quartel do Comando-Geral, em Florianópolis, presidido pelo comandante-geral, coronel Paulo Henrique Hemm, com a presença do secretário de Estado da Segurança Pública, Cesar Augusto Grubba, entre outras autoridades civis e militares.

Após o ato de passagem de comando, aconteceu o rito de passagem para a reserva remunerada do coronel João Henrique Silva.

“Hoje entrego o cargo de subcomandante-geral e passo para a reserva, com o maior sentimento que um soldado pode ter, que é a satisfação do dever cumprido, de ter dado tudo de mim pela Corporação e que se não fiz mais, é porque não foi possível e não porque não tentei”, finalizou emocionado o ex-subcomandante-geral.

O novo subcomandante-geral

Natural de Canoinhas, o novo subcomandante, coronel Araújo Gomes, é oficial da PMSC formado em 1987. Atuou em Joinville, onde comandou o Pelotão de Polícia de Choque e criou o Pelotão de Paramédicos; e no Comando do Corpo de Bombeiros, em Florianópolis, coordenou programas na área de atendimento pré-hospitalar, resgate veicular e combate a incêndio.

O oficial também atuou na Defesa Civil Estadual, onde foi gerente de resposta a desastres e no Estado-Maior-Geral, órgão colegiado de assessoria ao Comando-Geral da PMSC, onde foi auxiliar da terceira seção: doutrina e operações policiais.

Desempenhou também missões do Governo Federal no Rio de Janeiro e Pará (missões do Ministério da Justiça) e na Serra Fluminense (missões do Ministério da Integração Nacional).

Com formação na área de desastres, emergências e segurança pública em diversos países como EUA, Colômbia, Argentina e Chile, participou da Comitiva Brasileira que definiu a Estratégia Internacional de Redução de Desastres (Marco de Hyogo), no Fórum Mundial da ONU, no Japão.

O oficial ainda atua como pesquisador no Centro Universitário de Estudos Sobre Desastres, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), onde produziu diversos materiais de referência para a gestão de desastres utilizados em nível nacional.

Nos últimos cinco anos, comandou o 4ª Batalhão de Policia Militar (BPM) de Santa Catarina, responsável pelas porções centro, sul e leste da Ilha, entre 2011 a 2016. Atualmente, no posto de coronel PM, último da hierarquia policial militar, comandava a 11ª Região Policial Militar (RPM), responsável pelos 12 municípios da Grande Florianópolis.

Com informações da Secretaria de Comunicação da PMSC. 

spot_img
spot_img