19.1 C
fpolis
terça-feira, dezembro 7, 2021
cinesytem

Curso irá treinar professores da rede municipal para situações de emergência em sala de aula

spot_imgspot_img

Curso irá treinar professores da rede municipal para situações de emergência em sala de aula

spot_img

Professores e demais profissionais da Secretaria Municipal de Educação (SME) de Florianópolis terão treinamento de prevenção e atendimento a emergências. As inscrições para o curso já estão abertas no site da secretaria (http://www.pmf.sc.gov.br/entidades/educa/).Para essa iniciativa, a prefeitura tem uma parceria com o 1º Batalhão de Bombeiro Militar e Associação de Bombeiros Comunitários. Haverá treinamentos nos dias 28 e 29 de maio, 18, 19 e 21 de junho.

No curso, a comunidade escolar é preparada para casos de atendimento de primeiros socorros, incêndios, explosões, atentados, presença de animais peçonhentos, como aranha e cobra, colapsos estruturais da unidade educacional e intempéries climáticas, como um furacão.A coordenação das atividades é da Gerência de Programas e Projetos, por meio do professor Charles Schnorr. Com carga horária de 24 horas, o curso será realizado no Centro de Educação Continuada da SME.

O foco das atividades é para prevenção de acidente no ambiente escolar e doméstico, bem como, na preparação dos educadores para como efetuar o primeiro atendimento em emergências de forma segura, dimensionando bem a cena dos sinistros, evitando agravar o estado das vitimas e paralelamente acionando, se necessário, os profissionais de emergência.

Para evitar tumultos

Entre as oficinas realizadas, a maioria é voltada para estabilização de fraturas, contenção de hemorragia, ações em paradas respiratórias, cardíacas, engasgamentos e demais emergências clinicas. Outro exercício praticado é o “plano de abandono de escolas e creches em situações de emergências”, quando há orientação para que a comunidade escolar caminhe em colunas, ao invés de correr. Isso evita tumulto.

A energia elétrica e o gás central, têm que ser desligados, as janelas devem ser fecha para que o vento, em caso de fogo, não seja propagado ou leve fumaça para demais dependências. Destaca-se ainda neste exercício, que é importante haver um ponto de encontro pré-definido para que todos possam se reunir após evacuarem a escola. Qualquer criança e adulto deve saber os números de sistema de emergências: 193- 190 – 199 e 192,

Conforme o Coordenador de Prevenção da Secretaria de Educação e Professor e Bombeiro Comunitário, Charles Schnorr, o curso servirá para reforçar os conceitos e a cultura prevencionista dos participantes, ensinar técnicas de atendimento emergencial e avaliar as ações de comunicação entre os profissionais, reação frente à situação de adversidade, tempo de resposta e integração dos diversos setores de emergência: bombeiros, polícia, SAMU e defesa civil.

spot_img
spot_img