20.5 C
fpolis
terça-feira, dezembro 7, 2021
cinesytem

Divulgados alunos da rede municipal de Educação de Florianópolis que irão assistir a jogo da Copa com tudo pago

spot_imgspot_img

Divulgados alunos da rede municipal de Educação de Florianópolis que irão assistir a jogo da Copa com tudo pago

spot_img

Dois alunos da rede municipal de Educação de Florianópolis vão assistir a um jogo do mundial com tudo pago. Um concurso realizado pela Vonpar Refrescos e pela Secretaria Municipal de Educação levará os autores das duas melhores redações sobre o mundial, juntamente com seus professores de Português, irão para Curitiba assistir à partida entre Honduras e Equador, que acontecerá no dia 20 de junho, às 19h, na Arena da Baixada.

Os estudantes, assim como seus orientadores, poderão levar um acompanhante cada um, que também estarão livres de despesas.

O concurso foi dividido em duas categorias, uma com os alunos de 6º e 7º anos, e outra com os alunos do 9º ano. O vencedor da primeira categoria, José Ubiratan da Rosa Filho, do 7º ano da Escola Beatriz de Souza Brito, localizada no bairro Pantanal, demonstrou com a redação “Agora só falta a sexta estrela” expectativas positivas em relação ao tão esperado hexa e foi contemplado com a viagem para ele e sua professora, Rita de Cássia Pires.

Na outra categoria o vencedor foi Bruno Augusto Cansian, do 9º ano da Escola José Amaro Cordeiro, do bairro Morro das Pedras, que foi orientado pela professora e diretora Márcia Maria dos Santos. Com 14 anos, fala sobre a diversidade do país e sobre a paixão da nação pelo futebol: “Brasil (…) com diversidade de clima, cultura, fauna, flora, que encanta a todos que aqui chegam. Nessa imensidão de 8.547.406.5 Km², uma paixão une este povo, a paixão por este esporte.”

Quem vai com quem

José Ubiratan da Rosa Filho, vencedor da primeira categoria, irá para Curitiba com seu pai, José Ubiratan. Já sua professora, Rita, levará um de seus cinco sobrinhos.

Bruno, que mora com os avós, irá acompanhando de seu avô Décio José Cansian, de 72 anos. A avó do garoto, dona Dalva, comprou passagens e também irá assistir à partida com o neto. A orientadora da redação, Márcia, irá para o Mundial com seu filho, Leonardo Pedro dos Santos Melego, que tem 26 anos e é fanático por futebol.

O processo de seleção

Ao todo, nas duas categorias, 1.600 crianças de 12 escolas participaram do concurso. O processo começou nas unidades de ensino, que tiveram que selecionar suas duas melhores redações. Em seguida, uma comissão da Secretaria Municipal de Educação escolheu cinco escolas que iriam disputar a final. Os vencedores foram indicados pela Vonpar e pela Secretaria.

Além dos alunos, os dois estabelecimentos de ensino também foram premiados. O diretor Edilton Piancentini, da Beatriz de Souza Brito, e a diretora Márcia Maria dos Santos, da Escola José Amaro Cordeiro, receberam um cheque simbólico de R$ 5 mil. Cada unidade terá direito a este valor em materiais esportivos.

spot_img
spot_img