19.5 C
fpolis
segunda-feira, novembro 29, 2021
cinesytem

Espanhol ganha o WQS na Praia Mole em Florianópolis

spot_img

Espanhol ganha o WQS na Praia Mole em Florianópolis

spot_img

Pedra deixa o título escapar, e basco faz a festa no WQS de Florianópolis

Aos 36 anos, gaúcho perde duelo de ex-integrantes da elite para Aritz Aranburu. Campeão do ano passado, Gabriel Medina fica em terceiro

Aos 36 anos, Rodrigo Dornelles, o Pedra, conseguiu despachar a maior revelação do surfe brasileiro e defensor do título, Gabriel Medina (16), nas semifinais. Na decisão, porém, perdeu o duelo de ex-integrantes da elite mundial para Aritz Aranburu (24) e viu o troféu do WQS seis estrelas de Florianópolis, na Praia Mole, ir para o País Basco.

Foi o segundo título do espanhol em etapas brasileiras. Em 2006, ele venceu a de Fernando de Noronha. Pedra não vence desde 1998, no Peru, onde conquistou sua única vitória na divisão de acesso mundial.

Assim como o gaúcho, Aritz teve que despachar um surfista da nova geração nas semifinais. Ele passou por Caio Ibelli, de 17 anos. Na decisão, o espanhol tirou uma nota 7,00 no fim e fechou a bateria com 12,67 pontos, contra 6,67 de Pedra.

– Estou muito feliz. Foi um campeonato muito bom pra mim, tivemos alguns dias de mar bem difícil e hoje deu tudo certo pro meu lado. O Rodrigo (Dornelles) é um grande surfista e foi um prazer fazer a final com ele – disse Aritz.

O espanhol do País Basco saltou de 60º para 35º no ranking unificado da Associação de Surfe Profissional (ASP); o brasileiro, de 76º para 59º.

– A sorte esteve do meu lado no campeonato inteiro, menos agora justamente na final. Mesmo assim, não posso reclamar, mas queria muito ter vencido.

spot_img
spot_img