15.6 C
fpolis
quinta-feira, outubro 21, 2021
cinesytem

Festival de Cinema Socioambiental termina nesta sexta-feira em Florianópolis

spot_img

Festival de Cinema Socioambiental termina nesta sexta-feira em Florianópolis

spot_img

Termina nesta sexta-feira, 21, em Florianópolis, a primeira edição do Festival Internacional de Cinema Socioambiental Planeta.Doc. Realizado em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Parque Sapiens e Secretaria de Estado da Educação, e viabilizado financeiramente pelo Funcultural do Governo do Estado, o festival exibiu 73 filmes nacionais e internacionais durante oito dias.

Um dos pontos altos do festival foi a premiação Planeta.DOC de reconhecimento ao trabalho científico, entregue ao professor Luiz Fernando Scheibe, professor emérito da UFSC. Ele é coordenador do Projeto Rede Guarani/Serra Geral, força-tarefa de cientistas que desde 2008 estuda e monitora a qualidade das águas do Aquífero Guarani, a mais importante reserva de água doce da América do Sul – e presente em mais de 50% do subsolo catarinense. O troféu PLANETA DOC, elaborado com ossos de baleia pelo escultor Silvino Barão, foi entregue ao professor Scheibe pela reitora da UFSC Roselane Neckel. Também estiveram presentes no evento de abertura a vice-reitora da UFSC, Lucia Mendonça, a organizadora do festival Mônica Linhares e o cineasta Zeca Nunes Pires.

As mostras do Planeta.DOC ocorrem até esta sexta-feira no Centro Integrado de Cultura (CIC), na UDESC, na UFSC e no Parque Sapiens. Entre os filmes que ainda podem ser vistos estão: O Menino e o Mundo (9h da manhã, no CIC), Uma História de Amor e Fúria (14h30, no CIC), Planeta Oceano (16h, no CIC), Amazônia Desconhecida (18h, CIC), Big Man (19h30, CIC), A Última Chamada (21h, CIC). A programação completa está disponível no site www.planetadoc.com.

Destaques para a “A Última Chamada – O que ainda não foi contado sobre a crise global”, do italiano Enrico Cerasuolo, grande vencedor do Cine Eco 2014 de Portugal e O Menino e o Mundo, eleito melhor longa-metragem em 2014 pela Mostra FICA (Festival Internacional de Cinema de Goiás) e vencedor de 25 prêmios no Brasil e no mundo. O filme é cotado a concorrer pelo Brasil ao Oscar 2016 como melhor animação, já que será lançado nos EUA somente no ano que vem.

O projeto também promoverá até o final do ano a exibição de filmes socioambientais em instituições de ensino, possibilitando aos estudantes o acesso à problemática mundial do meio ambiente. As primeiras ações foram na UFSC e no Colégio de Aplicação, também na universidade federal.

 

spot_img
spot_img