22.1 C
fpolis
quinta-feira, janeiro 27, 2022

Fiscalização em lojas de sapato encontra irregularidades em 74% dos estabelecimentos

Fiscalização em lojas de sapato encontra irregularidades em 74% dos estabelecimentos

spot_img

A Secretaria de Estado da Fazenda concluiu nesta terça-feira, 26, o balanço da operação Salto Alto, que fiscalizou 173 lojas de calçados no último dia 15 de agosto. Foram observadas infrações fiscais em 129 estabelecimentos, 74,56%. As informações são da Assessoria de Comunicação do Governo do Estado. 

Entre as irregularidades registradas pela operação Salto Alto, chamou a atenção o elevado número de estabelecimentos que já deixaram de operar, mas que continuam com suas inscrições estaduais ativas. Os auditores fiscais flagraram 52 contribuintes nesta situação.

Os auditores fiscais também observaram que muitas empresas retardam a instalação do equipamento Emissor de Cupom Fiscal (ECF) e do aplicativo Programa de Automação Fiscal (PAF-ECF) como forma de ocultar os valores correspondentes às suas vendas para manterem-se enquadrados indevidamente no regime do Simples Nacional. Um total de 34 contribuintes visitados durante a operação Salto Alto não havia instalado o ECF e PAF-ECF, que se mostraram mais uma vez formas eficazes de redução da sonegação fiscal.

spot_img
spot_img