19.1 C
fpolis
quinta-feira, dezembro 2, 2021
cinesytem

Floram atua na fiscalização diária no ano da biodiversidade

spot_imgspot_img

Floram atua na fiscalização diária no ano da biodiversidade

spot_img

Tem como objetivo desenvolver iniciativas para a conservação, administração e utilização da biodiversidade urbana,

Biodiversidade em Florianópolis

Como é de entendimento público, a Assembléia Geral das Nações Unidas declarou o ano de 2010 como Ano Internacional da Biodiversidade, com o propósito de aumentar a consciência sobre a importância da preservação da biodiversidade no mundo.

Perguntamos ao diretor superintendente da Floram o que a fundação faz para salvaguardar a biodiversidade?

Gerson Basso – Atua na fiscalização ostensiva dos 438 km² (Ilha e Continente), combatendo quem descumpre a Legislação Ambiental. Em muitos casos acontece a demolição do todo ou parte do que está esta em desacordo com a lei. Por outro lado, a Fundação planta e faz doação de mudas dentro das limitações e possibilidades de produção. Pra terminar, temos o projeto de educação ambiental que corre todos os cantos da Capital.

Os objetivos do Ano Internacional da Biodiversidade 2010 são:

– Aumentar a consciência pública sobre a importância de salvaguardar a biodiversidade para a comunidade da vida na Terra, identificando e combatendo as ameaças subjacentes.

– Aumentar a consciência sobre a importância dos esforços já empreendidos por governos e comunidades para salvar a biodiversidade, promovendo a participação de todos.

– Incentivar os povos, organizações e governos a tomarem medidas imediatas necessárias à defesa da perda da biodiversidade.

– Promover soluções inovadoras para reduzir as ameaças que se abatem sobre a biodiversidade.

– Estabelecer um diálogo entre os participantes sobre as medidas a serem adotadas após o ano de 2010, garantindo a continuidade segura dos programas desenvolvidos.

Nos mesmos moldes da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-15), realizada em dezembro de 2009 na Dinamarca, haverá uma COP da Biodiversidade, marcada para outubro de 2010 na cidade japonesa de Nagoya, a fim de avaliar resultados das ações assumidas em 2002 pela Conferência das Partes da Convenção sobre a Diversidade Biológica – órgão da ONU – para preservação da biodiversidade.

spot_img
spot_img