18.2 C
fpolis
quinta-feira, agosto 11, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

6ª edição do Prêmio Catarinense de Excelência 2010 será divulgado em Florianópolis

spot_imgspot_img

6ª edição do Prêmio Catarinense de Excelência 2010 será divulgado em Florianópolis

spot_imgspot_img

Organizações premiadas nas categorias Compromisso com a excelência, Rumo à excelência e Diamante, serão conhecidas na próxima quinta-feira, dia 21 de outubro. A cerimônia de premiação acontece no dia 10 de novembro, às 19h, no Floripa Music Hall.

O Movimento Catarinense pela Excelência (MCE) divulga na próxima quinta-feira, dia 21 de outubro, as empresas vencedoras da 6ª edição do Prêmio Catarinense de Excelência 2010. A premiação, criada no ano de 2005 pelo MCE, tem como principal objetivo reconhecer as organizações que se destacam na busca pela melhoria contínua do seu sistema de gestão por meio da adoção de práticas de gestão alinhadas aos Fundamentos da Excelência. De acordo com o presidente do MCE, André Gaidzinski, a premiação funciona como um instrumento de incentivo às empresas catarinenses para que elas possam alinhar os seus modelos de gestão com os critérios da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ). “Queremos que nossas empresas estejam com seus modelos de gestão compatíveis com o modelo internacional e aptas para concorrer ao prêmio nacional”, garante André Gaidzinski.

Das 13 empresas inscritas, entre públicas e privadas, foram selecionadas 12 para concorrer nas categorias: Nível I –Compromisso com a excelência; Nível II – Rumo à Excelência, troféu bronze, prata e ouro e Nível III – Diamante. Todas as organizações candidatas foram avaliadas por uma banca examinadora, entre os dias 19 de julho e 10 de outubro, com base nos critérios de avaliação preconizados pela Fundação Nacional da Qualidade (FNQ). Estes requisitos são apurados por examinadores que realizam uma avaliação individual, uma avaliação de consenso e, por último, uma visita à empresa. Cada empresa é avaliada por uma equipe de três a seis examinadores. Em seguida, por uma banca de juízes formada por sete profissionais que dá o veredicto final. A banca examinadora do prêmio é composta por especialistas provenientes de diversos setores de atividades, de todas as regiões do Estado e outros estados da Federação.

As organizações candidatas irão receber um relatório de avaliação, que identificará as boas práticas empregadas por elas e as oportunidades de melhoria que, devidamente implementadas, poderão ampliar a competitividade da empresa. “Esta avaliação é de grande importância para o encaminhamento estratégico dos processos das companhias”, salienta Gaidzinski.

Vencedor do PCE por quatro anos consecutivos, 2005, 2006, 2007 e 2008, sendo que no último ano foi agraciado com o prêmio Nível II – Rumo a Excelência – Troféu Ouro, o 28º Grupo de Artilharia de Campanha, de Criciúma, representado pelo Tenente-Coronel Valdir Campelo Júnior, acredita que a premiação é uma grande oportunidade para que a organização possa a ter a sua gestão examinada por uma equipe com alta capacidade técnica.

Movimento Catarinense pela Excelência

Fundado no dia 15 de dezembro de 2004, o Movimento Catarinense pela Excelência é uma associação civil de direito privado, sem fins lucrativos, que tem a missão de estimular as organizações catarinenses a se tornarem competitivas, gerarem mais empregos e riquezas, além de oferecer condições para o desenvolvimento do Estado e do País. Atualmente, 70 organizações fazem parte do MCE, contribuindo financeiramente, economicamente e tecnicamente para a realização de suas atividades, pautadas pelos seguintes valores: Ética, Independência, Competência e Excelência. Além de suas atividades estaduais, o MCE está inserido na Rede Nacional da Gestão, coordenada pela Fundação Nacional da Qualidade (FNQ) e participa do Fórum dos Programas de Qualidade, Produtividade e Competitividade e de outros projetos nacionais coordenados pelo Movimento Brasil Competitivo.

Categorias de premiação

Nível I – Compromisso com a Excelência (250 pontos)

Organizações em estágio inicial de implantação de práticas de melhoria da gestão, com ênfase em alguns dos critérios. Começam a aparecer resultados relevantes decorrentes da aplicação das práticas implementadas. A premiação neste nível é traduzida pela entrega de uma placa indicando o nome da candidata, sua logomarca e o nível de reconhecimento.

Nível II – Rumo à Excelência (500 pontos)

Troféu Bronze
Organizações com práticas adequadas e disseminadas em algumas áreas, processos e produtos, com início de uso continuado. Primeiros estágios quanto à obtenção de resultados relevantes decorrentes das práticas implementadas.

Troféu Prata
Organizações em estágio de desenvolvimento e implementação de ações voltadas para a melhoria da gestão em seus principais processos. Apresenta práticas com uso continuado, com registros de resultados decorrentes da aplicação das ações voltadas para a melhoria da gestão.

Troféu Ouro
Organizações em estágio de desenvolvimento sistematizado de ações direcionadas para a excelência da gestão. Apresentam resultados relevantes decorrentes da aplicação de práticas de gestão, sendo alguns equivalentes ou superiores aos referenciais do setor. Sua liderança e seu corpo funcional conhecem, compreendem e aplicam os valores e princípios da Gestão para a Excelência.

Nível III – Diamante (750 pontos)

A nova categoria é baseada nos mesmos critérios de avaliação do Modelo de Excelência da Gestão e realiza uma avaliação mais exigente da gestão das empresas, preparando-as melhor para o Prêmio Nacional da Qualidade, que utiliza uma escala de pontuação de mil pontos.

spot_img

Leia mais