17.3 C
fpolis
domingo, outubro 17, 2021
cinesytem

Iniciativa ensina programação de jogos de videogame gratuitamente para jovens de Florianópolis

spot_img

Iniciativa ensina programação de jogos de videogame gratuitamente para jovens de Florianópolis

spot_img

Por trás dos jogos de videogame que divertem pessoas de todas as idades, existe uma infinidade de algoritmos e números que dão vida a um cenário idealizado por alguém. Com o objetivo de atrair e formar jovens para esse mercado em expansão, que só em Florianópolis emprega mais de 300 pessoas, o Comitê para Democratização da Informática (CDI) promove, a partir de agosto, o Projeto Aprendendo a Programar Games. A primeira turma será no Jardim Atlântico e as inscrições devem ser realizadas no site do CDI, mediante o preenchimento de uma ficha e a aprovação em um teste de lógica.

O curso, que é gratuito, irá ensinar a jovens, de 14 a 20 anos, técnicas de programação e desenvolvimento de games. As aulas são voltadas para adolescentes que tenham renda familiar de até quatro salários mínimos. Segundo o presidente executivo do CDI, Heitor Blum, a ideia é favorecer a entrada dos jovens no mercado de trabalho e ampliar as  chances de empregabilidade no setor. “O mercado de games engloba cerca de 20 empresas na cidade e emprega quem tem formação técnica na área, excluindo quem não tem oportunidade de acesso a esse tipo de conhecimento, ou seja, principalmente aqueles de baixa renda ou de áreas de exclusão social. O Projeto é uma oportunidade para jovens se candidatarem a um mercado de tecnologia em franca expansão”, destaca Blum.

O Projeto terá duração de dois meses, sendo quatro horas de aula, em cinco dias da semana. Podem se inscrever adolescentes que estejam cursando, ou já tenham concluído, o ensino médio na rede pública de educação – há exceção para alunos bolsistas em escolas particulares.

Sobre o CDI

A ONG Comitê para Democratização da Informática (CDI) é uma iniciativa brasileira que nasceu na comunidade do Morro Dona Marta, no Botafogo, no Rio de Janeiro, e já mudou a realidade de 1,64 milhão de pessoas em 15 países e um total de 842 espaços de informática e cidadania, os CDI Comunidade. Há 20 anos, o CDI usa a tecnologia como ferramenta para enfrentar a pobreza e estimular o empreendedorismo e a cidadania. Sua missão é transformar vidas e fortalecer comunidades de baixa renda através do uso das tecnologias da informação e comunicação.

Para conhecer mais sobre os projetos do CDI visite o site http://www.cdisc.org.br/

spot_img
spot_img