18 C
fpolis
quarta-feira, dezembro 8, 2021
cinesytem

Laboratório da USP fará os exames nos moluscos da Baía Sul

spot_imgspot_img

Laboratório da USP fará os exames nos moluscos da Baía Sul

spot_img

As amostras de moluscos colhidas pela Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) na região do Sul da Ilha de Santa Catarina embargada essa semana pela Fundação Estadual do Meio Ambiente (FATMA) por causa do vazamento de óleo de uma subestação desativada da Celesc serão enviadas nesta quinta-feira, 17, para exames no Laboratório da Universidade de São Paulo (USP). Os resultados devem sair em 15 dias.

A decisão foi tomada em uma reunião do Comitê Estadual de Controle Higiênico-Sanitário de Moluscos Bivalves para avaliação das consequências do vazamento e sobre o embargo, interdição e suspensão de atividades na região.

Os exames feitos pela USP verificarão a presença de substâncias denominadas Bifenilas Policloradas, chamadas também de PCB, nos moluscos da área interditada. O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues, salientou a importância da agilidade nos resultados dos exames que verificam a presença de PCB nos moluscos para que os maricultores da área interditada possam voltar a produzir.

De acordo com o engenheiro sanitarista e ambiental da Celesc, Orlando Foes Neto, a Companhia já trabalha na construção de um plano de recuperação da área degradada que envolve uma investigação ambiental para analisar o grau de contaminação do solo, dos moluscos, do mangue e da água.

spot_img
spot_img