15.5 C
fpolis
terça-feira, agosto 16, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Memória de Florianópolis em exposição até 18 de dezembro

spot_imgspot_img

Memória de Florianópolis em exposição até 18 de dezembro

spot_imgspot_img

Acervo do Arquivo Histórico inspira mostra fotográfica

Uma exposição na Galeria de Artes Pedro Paulo Vecchietti revela momentos da vida político-administrativa de Florianópolis que poucas pessoas recordam, mas que ficaram eternizados em imagens e documentos. O material compõe a mostra “Cidade Retratada: Florianópolis dos anos 1970 a 1990”, aberta à visitação pública a partir de quinta-feira (26/11), das 10h às 18h. A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Administração e Previdência, por meio do Arquivo Histórico Professor Oswaldo Rodrigues Cabral, Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes (FCFFC) e Color System.

Até 18 de dezembro, o público poderá apreciar a exposição com 50 fotografias em preto e branco, selecionadas entre 1490 imagens que compõem o acervo do Arquivo Histórico. As fotos foram pesquisadas pelos graduandos de História da Udesc, Altair da Silva e Marcos Antônio de Melo, no âmbito das disciplinas Prática Curricular – Patrimônio Cultural (I e II).

O material retrata diferentes momentos políticos da cidade, como reuniões de prefeitos na época do regime militar e a posse de um prefeito eleito por voto direto, em 1985, marcando a fase de transição democrática. Também revela aspectos que impulsionaram transformações no cotidiano da cidade como a construção do calçadão da Rua Felipe Schmidt. Dez fotografias em preto e branco poderão ser comparadas a registros fotográficos em cor, dos mesmos locais, feitos em outubro de 2009, permitindo ao visitante detectar mudanças ocorridas ao longo do tempo.

Segundo Érico Hélio dos Santos, gerente do Arquivo Histórico Municipal, a exposição é uma forma de divulgar o trabalho do órgão, que comemora 15 anos de atividade. Parte do acervo abrange desde fotografias e vídeos contemporâneos relativos à Administração Municipal até manuscritos do século 18 e 19 sobre o governo da antiga Desterro. “É um patrimônio de todos os moradores de Florianópolis”, observa Santos.

Memória preservada

Criado pela Lei Municipal nº 4.491 de 14 de setembro de 1994 e inaugurado no dia 19 de dezembro de 1995, o Arquivo Histórico é vinculado à Prefeitura Municipal de Florianópolis subordinado à Secretaria Municipal da Administração e Previdência. O local abriga documentos históricos de vários órgãos dos governos municipais – material que foi recuperado, catalogado e organizado para estar à disposição de pesquisadores, estudantes e população em geral.

O Arquivo Histórico de Florianópolis funciona no mesmo prédio da Galeria de Artes Pedro Paulo Vecchietti, com atendimento ao público de segunda a sexta-feira, das 13h às 17h. Além de fotografias, filmes e recortes de jornal, o espaço abriga raridades como ofícios que tratam sobre as eleições para Regente do Império e a solicitação de reconhecimento da Princesa Imperial D. Januária como sucessora do trono e coroa do Império do Brasil. Há também diversos registros sobre a epidemia de cólera que se espalhou pelo mundo no século 19.

Outras curiosidades são as anotações de impostos das carnes, aguardente e farinha produzidas na província do período imperial. No Arquivo Histórico também estão guardados registros de nascimentos e óbitos ocorridos em Desterro desde o final do século 18, além de ofícios de 1831 que já informavam sobre a abolição do tráfico de escravos (a abolição da escravatura no Brasil ocorreu anos depois, em 13 de maio de 1888, com a Lei Áurea).

Serviço:

O quê: Exposição “Cidade Retratada – Florianópolis dos anos 1970 a 1990”

Quando: De 26 de novembro a 18 de dezembro – das 10h às 18h

Onde: Galeria Pedro Paulo Vecchietti
Praça 15 de Novembro, nº 180, esquina com Rua Tiradentes – Centro
Telefone: (48) 3228-6821

Quanto: gratuito

spot_img

Leia mais