18 C
fpolis
quinta-feira, julho 7, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Provinha Brasil e Prova Floripa para quase 10 mil alunos

Provinha Brasil e Prova Floripa para quase 10 mil alunos

spot_imgspot_img

Nesta semana, a Secretaria de Educação de Florianópolis vai coordenar a aplicação de duas provas na rede municipal de ensino: a Provinha Brasil e a Prova Floripa, que vão reunir quase 10 mil alunos do ensino fundamental. Estas avaliações consistem em diagnósticos do processo ensino-aprendizagem, com a intenção de coletar informações que apontem os indicadores da aprendizagem, e, a partir disso, realizar um redirecionamento das ações e intervir na prática pedagógica.

A Provinha Brasil, em sua segunda etapa, irá ocorrer na quinta-feira (03/12) congregando 1.678 crianças do 2° ano. Esta verificação de desempenho, concebida pelo Ministério da Educação, verifica o nível de aprendizagem e das metas de alfabetização alcançadas pelas crianças no período avaliado.

A Prova Floripa será realizada por cerca de 8 mil estudantes do 3° ano, 5ª, 6ª e 7ª séries e foi elaborada com os professores dos anos finais do Ensino Fundamental, sob a coordenação da Diretoria de Educação Fundamental, da Secretaria de Educação. A Prova de Alfabetização Língua Portuguesa do 3° ano, concebida pelo Grupo Gestor dos Anos Iniciais da SME, será na quinta-feira (03/12) e a de Alfabetização Matemática na sexta-feira (04/12).

As provas de 5ª, 6ª e 7ª séries serão aplicadas também na sexta feira (04/12), contendo 40 questões de múltipla escolha, contemplando todas as disciplinas do currículo.

Resultados

Conforme a Gerente de Articulação Pedagógica do Ensino Fundamental Rosane Immig, os resultados da Provinha Brasil e da Prova Floripa serão disponibilizados para todas as equipes das unidades educativas da rede de ensino, no início do ano letivo de 2010. Cada escola poderá acessar seus dados referentes às provas, turmas e estudantes, por questões, por habilidades avaliadas, dentre outros indicativos e comparativos. Desta forma, as unidades educativas terão condições de discutir os dados para traçar, redefinir e planejar ações e estratégias com o propósito de que todas as crianças e adolescentes possam desenvolver as habilidades requeridas.

Ainda segundo Rosane Immig, esses resultados serão discutidos igualmente nos grupos de formação continuada, considerando as implicâncias deste processo no planejamento do professor e na sua prática cotidiana. Da mesma maneira, a equipe de assessores pedagógicos da Diretoria de Ensino Fundamental estará intervindo, junto com os gestores e equipes pedagógicas das unidades educativas, onde os diagnósticos apontem por demandas específicas.

spot_img

Leia mais