27 C
fpolis
quinta-feira, janeiro 27, 2022
cinesytem

Passeio Pedra Branca, em Palhoça, tem exposição de bicicletas antigas

Passeio Pedra Branca, em Palhoça, tem exposição de bicicletas antigas

spot_img

O Passeio Pedra Branca, em Palhoça, na Grande Florianópolis, recebe até o dia 31 de agosto, uma exposição de bicicletas antigas, aberta ao público. A exposição, que abriu no dia 1º deste mês, ficará aberta das 10h às 21h de segunda a sábado; 14h às 20h, aos domingos e feriados.

Trinta peças do colecionador Hélio Becker, 54 anos, estão expostas na Praça Coberta do Passeio. Dono de um acervo centenário de bicicletas com peças originais e fabricadas em diferentes países, como Alemanha, Itália, Suíça e Brasil.

Sua coleção iniciou há cerca de 20 anos, quando Becker começou a reformar uma bicicleta velha, depois disso, não parou mais. Hoje possui mais de 100 bicicletas, a maioria já restaurada por ele mesmo em uma oficina montada em sua casa, em São José. As relíquias sobre rodas carregam um pouco da história, as Bianki, originalmente fabricadas na Itália, foram trazidas de lá por imigrantes, na década de 30, e permanecem em uso até hoje. Para garantir que todas tenham a devida atenção, o colecionador pedala com cada uma em dias alternados. 

Antes de Palhoça, Becker já esteve com as bicicletas históricas em Campinas (SP), Curitiba e Balneário Camboriú. Além da Philips 1910, há outras marcas que se destacam na exposição, como Bianki, Caloi, Centrum, Mercswiss, Monareta, Monark, Oxford, Peugeot e Wanderer. A exposição será um passeio pelas importadas e nacionais com data de fabricação de 1910 até anos de 1970. 
 

spot_img
spot_img