19.2 C
fpolis
sábado, agosto 13, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Polyphonia Khoros recebe apoio pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura

spot_imgspot_img

Polyphonia Khoros recebe apoio pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura

spot_imgspot_img

Polyphonia Khoros irá realizar três apresentações: dia 25 no Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), dia 28 na Escola de Turismo e Hotelaria Canto da Ilha (CUT) e no dia 31 no Clube 6 de janeiro.

Mais um projeto cultural recebe apoio da Unimed Grande Florianópolis, que repassou R$50 mil ao grupo para as três apresentações programadas

A Polyphonia Khoros é mais um projeto cultural que sai do papel graças ao apoio de empresas que contribuem por meio da Lei Municipal e Incentivo à Cultura. Pela segunda vez esse ano, a Unimed Grande Florianópolis vê seu projeto apoiado se concretizar. A Cooperativa, que no mês passado contribuiu com a produção e publicação do livro Óvulos de Eli, agora assiste a apresentação da Polyphonia Khoros, que recebeu o apoio para sua turnê.

Com os R$ 50 mil repassador pela Unimed, a Polyphonia Khoros irá realizar três apresentações: dia 25 no Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), dia 28 na Escola de Turismo e Hotelaria Canto da Ilha (CUT) e no dia 31 no Clube 6 de janeiro. As apresentações exploram a variedade de estilos musicais do país, sendo cantados amostras de diferentes regiões e épocas, da modinha à bossa nova, passando pela marcha de carnaval e o bumba-meu-boi.

O concerto está dividido em duas partes; na primeira, o coro apresenta canções já clássicas da MPB, incluindo o “Samba de uma nota só”, de Tom Jobim, e uma seleção de cinco canções de Chico Buarque. A versão mineira do “Bumba meu boi” encerra a primeira metade do concerto.

Na segunda parte, o Polyphonia Khoros canta, entre outras, variações para “Moreninha”, modinha originária do sudeste, e o baião “Asa Branca”, para encerrar o concerto com os temas folclóricos nordestinos do “Cancioneiro de Lampião” de Marlos Nobre.

Desde 2008 a Unimed estudava formas para contribuir com o setor cultural da Capital até descobrir que poderia apoiar projetos pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura. Essa lei é uma forma jurídica de garantir e canalizar recursos municipais para o desenvolvimento cultural. “Entramos na categoria de 100% de doação do valor do projeto, que pode ser abatido no Imposto Sobre Serviço. Dessa forma contribuímos com a sociedade e, principalmente, com a área cultural que consegue recursos para executar seus projetos”, afirma Cleci Albiero, líder de Responsabilidade Social da Unimed.

O POLYPHONIA KHOROS E SUA REGENTE

Fundado em 2000, o Polyphonia Khoros é o projeto de maturidade da maestrina Mércia Mafra Ferreira. Nesse 9 anos de atividades já realizou dez turnês pelas principais cidades do sul e sudeste do Brasil, Argentina e Uruguai, realizando desde concertos “a cappella” e obras para coro e orquestra até montagem de óperas.

spot_img

Leia mais