22.1 C
fpolis
quinta-feira, janeiro 27, 2022

Santa Catarina quer ser o Estado mais visitado durante a Copa de 2014

Santa Catarina quer ser o Estado mais visitado durante a Copa de 2014

spot_img

Mesmo sendo preterido pelos vizinhos Paraná e Rio Grande do Sul, o Estado de Santa Catarina trabalha para participar ativamente da Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Segundo Flavio Agustini, diretor de Marketing da Santur, a agência de promoção do Estado já começou a discutir formas de tornar Santa Catarina visível durante o evento. O objetivo: tornar Santa Catarina o Estado mais visitado durante o evento

Uma das opções, segundo ele, é baratear as diárias dos hotéis no período do evento: “Estamos trabalhando também para termos uma sede da Fifa Fanfest, pois Florianópolis é a terra das baladas”, garante.

Santa Catarina também estuda como opção receber alguma delegação no período pré-copa e cita os quatro campos de futebol de tamanho oficial capazes de receber os times para treinamentos: Scarpeli, Costão, Arena Joinville e Ressacada.

Agustini lembra ainda a importância de fazer ações de marketing nas cidades onde haverá jogos: “Entre uma partida e outra têm geralmente seis dias de descanso. O torcedor pode aproveitar esse período e rodar por algumas regiões e Santa Catarina está pronta para receber esses turistas”, complementa.

Custo das obras

Para sediar a Copa do Mundo de 2014 serão investidos recursos da ordem de R$ 33 bilhões formados por verbas federais, estaduais, distritais e municipais. Serão R$ 11,5 bilhões para obras de estádios e de mobilidade urbana e R$ 5,8 bilhões para reforma e ampliação de aeroportos e portos.

Com informacões da Gazeta Esportiva e Revista de Turismo Mercado e Eventos

spot_img
spot_img