18 C
fpolis
quarta-feira, dezembro 8, 2021
cinesytem

Seminário sobre mulheres lésbicas, bissexuais e transexuais começa nesta segunda-feira em Florianópolis

spot_imgspot_img

Seminário sobre mulheres lésbicas, bissexuais e transexuais começa nesta segunda-feira em Florianópolis

spot_img

No intuito de discutir com a sociedade as questões relativas às mulheres Lésbicas, Bissexuais e Transexuais (LBT), acontece na Assembleia Legislativa, em Florianópolis, a partir desta segunda-feira, 9, até o dia 11 de junho, o Seminário Mulheres LBT: estratégias conjuntas de enfrentamento do machismo, sexismo, misoginia e das LBTfobias. O evento começa às 15h, com uma cerimônia de abertura, seguida da conferência Feminismos e Identidades de Gênero, ministrada pela professora Dra. Tamara Adrian, da Universidade da Venezuela. As inscrições podem ser feitas por meio deste link.

O encontro se propõe a construir estratégias de fortalecimento conjunto para o enfrentamento do preconceito, amplamente conhecido por homofobia, mas que, nesse espaço, será chamado de Lesbofobia, Bifobia e Transfobia.

No dia 10, o seminário dará sequência ao tema abordado por Tamara, com o painel Feminismos e Identidades de Gênero, desdobrado na intervenção da professora Suely Oliveira, de Recife, que falará sobre Feminismos no Brasil. O painel conta também com a intervenção da professora Ana Melo, de Recife, que trará para a discussão o tema Mulher-mulher e outras mulheres.

O segundo painel do dia tratará da LBTfobia. Para falar sobre o tema, o seminário de mulheres LBT traz as ativistas Heliana Hemetério, do Coletivo de Lésbicas Negras de Curitiba/PR, que falará sobre Lesbofobia; Keila Simpson, da AtrasBa de Salvador/BA, com o tema Transfobia e Fernanda Coelho, do Coletivo Bil de Ipatinga/MG, que tratará da Bifobia.

Na parte da tarde, as/os participantes se dividirão em três grupos para discutir as demandas das mulheres LBT. O primeiro grupo formulará propostas relativas às mulheres lésbicas. O grupo dois tratará das demandas das mulheres bissexuais e o grupo três discutirá sobre mulheres trans. Ao final das discussões, os grupos apresentarão propostas para a composição de uma carta que será aprovada ao fim do encontro.

Ainda no dia 10, a deputada estadual Angela Albino, que compõem a bancada feminina da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), fará uma apresentação sobre as leis já existentes e/ou em tramitação na Alesc, referentes ao tema LBT. As atividades do dia encerram com a plenária final do seminário.

No dia 11, a professora venezuelana, Tamara Adrian, ministra palestra na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com o tema A transexualidade a partir de uma perspectiva legal e de direitos humanos, às 10h, na sala 331, do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH/UFSC).

O encontro é realizado pela Escola do Legislativo de Santa Catarina, em parceria com a União Brasileira de Mulheres de Santa Catarina (UBM/SC), o Instituto de Estudos de Gênero da UFSC (IEG), a Associação de Direitos Humanos com Ênfase na Sexualidade (Adeh) e o grupo Acontece Arte e Política LGBT.

spot_img
spot_img