21.5 C
fpolis
sábado, outubro 23, 2021
cinesytem

Servidores grevistas da UFSC recusam proposta de reajuste do governo federal

spot_img

Servidores grevistas da UFSC recusam proposta de reajuste do governo federal

spot_img

Os servidores técnico-administrativos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em greve desde o primeiro dia do mês passado, descartaram a proposta de 21,3% de reajuste, parcelado em quatro anos, apresentada pelo Governo Federal na semana passada ao conjunto dos servidores públicos federais. As informações são da assessoria de imprensa do sindicato da categoria (Sintufsc).

A decisão foi tomada em assembleia geral permanente de greve realizada na manhã desta quinta-feira, 2, no hall do Centro de Ciências Agrárias (CCA), em Florianópolis. Os trabalhadores avaliaram a proposta, que foi considerada indecente pelo comando nacional de greve na última semana.

A categoria acatou a orientação da Federação de Sindicatos de Trabalhadores em Educação das Universidades Brasileiras (FASUBRA) e considerou insuficiente a proposta de reajuste salarial apresentada pelo governo, deliberando por encaminhar orientação ao Comando Nacional de Greve.

A sugestão é que o comando nacional proponha ao governo a apresentação de uma contraproposta de índice de 27,03% no piso da tabela em uma única vez, além de reafirmar a necessidade de negociação dos demais pontos de pauta.

Durante pouco mais de duas horas cerca de 200 trabalhadores discutiram a conjuntura e avaliaram os rumos do movimento no Estado. A mesa coordenadora dos trabalhos foi dirigida por Celso Martins, Teresinha Ceccato e Newton Barbosa.

Além de escolher os delegados para comporem o Comando Nacional de Greve, a plenária deliberou que a próxima reunião do Comando Local de Greve ficará para terça-feira da semana que vem, dia 7, às 14h no hall da Reitoria. A próxima assembleia geral ficou para o dia seguinte, dia 8 de julho, às 14h no auditório da Reitoria.

spot_img
spot_img