29.3 C
fpolis
terça-feira, janeiro 25, 2022
cinesytem

Colégio Catarinense adere ao programa Lixo Zero

Colégio Catarinense adere ao programa Lixo Zero

spot_img

Iniciativa tem como objetivo reduzir a produção de lixo na instituição e sensibilizar alunos, professores e toda a comunidade envolvida com a escola

Atuar de forma socialmente responsável e mobilizar a comunidade em busca da redução do lixo produzido são metas que levaram o Colégio Catarinense, de Florianópolis (SC), a aderir o programa Lixo Zero. Com cerca de 3 mil alunos, a instituição atua na educação de crianças, adolescentes e jovens desde o ensino básico até o terceirão. A partir de agora, todos passarão a trabalhar conceitos de sustentabilidade e Lixo Zero durante as aulas. Estes temas passaram a fazer parte da grade curricular da escola.

A iniciativa tem como foco atingir professores, funcionários, familiares e toda a comunidade envolvida com a instituição educacional. O objetivo da ação é muito claro: formar cidadãos mais conscientes de seu papel na sociedade e proteção ambiental. “Desejamos que a responsabilidade ambiental faça parte de nossa essência humana e que todo nosso pensar, sentir e agir fortaleça a sustentabilidade ambiental. Como obra da Companhia de Jesus, somos convocados esta ação dando resposta criativa ao problema da degradação do planeta. Estamos impelidos a fazer o melhor e aplicar a Pedagogia Inaciana na educação ambiental. Mudar nossos hábitos e mostrar que é possível mudar nossa relação com os resíduos que produzimos. ”, convocou o Diretor Geral do Colégio Catarinense, Padre Mário Sündermann, SJ.

Durante todos os sábados do mês de maio, cerca de 350 pessoas, entre funcionários e corpo docente, participarão de um ciclo de palestras, que irá capacitá-los a trabalhar o tema junto com os alunos. A partir daí, serão realizadas diversas atividades a fim de mobilizar os alunos, seus familiares e a comunidade em geral, como palestras, oficinas e integração do conceito em diferentes atividades pedagógicas da escola. Também será formado um Clube Lixo Zero, no qual os próprios alunos desenvolvem ações para sensibilizar o restante do colégio e a família sobre a importância do tema.

A implantação do programa Lixo Zero iniciou com uma palestra na qual Rodrigo Sabatini, diretor da empresa Novociclo Ambiental, responsável pela gestão do programa, apresentou o conceito para a direção do colégio e professores. “Lixo é tudo o que é jogado fora, sujo e misturado. A partir do momento em que é separado, limpo e disposto de forma organizada, passa a ser resíduo e pode voltar para o ciclo produtivo”, destaca.

A ideia do projeto é disseminar o conceito Lixo Zero e reduzir a quase zero a geração de lixo na escola. Será ensinada uma nova postura sobre o uso e a destinação de materiais, como embalagens de papel, plástico, tetrapak, latas de alumínio, garrafas, óleo de cozinha etc. Eles devem ser previamente separados e limpos, para então ser destinados para reciclagem. A metodologia inclui a troca das lixeiras porresiduários, ou seja, são produzidos móveis específicos para guardar cada tipo de material. Além de ter um design diferenciado e agradável, estes nichos eles também proporcionam maior organização e limpeza no ambiente.

No Colégio Catarinense, o conceito será aplicado a partir de atividades desenvolvidas pela equipe de educação ambiental da Novociclo, que trabalha a questão dos resíduos sólidos sob as dimensões – ambiental, econômica e social. “Este projeto foi desenvolvido a partir da demanda que as escolas possuem de trabalhar a questão dos resíduos. Existem muitas tentativas frustradas nas escolas de resolver esta questão. Trabalhamos com a educação para o indivíduo, ou seja, todos devem se sentir responsável pelas escolhas e pelo encaminhamento dos resíduos que produzem”, finaliza Alex Iabrude, educador ambiental.

spot_img
spot_img