16.9 C
fpolis
sexta-feira, outubro 22, 2021
cinesytem

Correios de Santa Catarina se manifesta sobre protesto do sindicato dos trabalhadores

spot_img

Correios de Santa Catarina se manifesta sobre protesto do sindicato dos trabalhadores

spot_img

A assessoria de comunicação dos Correios de Santa Catarina enviou à redação do DeOlhoNaIlha, na manhã desta quinta-feira, 25, uma nota de esclarecimento a respeito do protesto que os diretores do Sindicato dos Trabalhadores na Empresa de Correios e Telégrafos e Similares de Santa Catarina (Sintect-SC) realizaram nesta quarta-feira, 24, no Centro de Florianópolis, em frente à agência da Praça XV de Novembro. Confira abaixo a íntegra da nota oficial da empresa:

“ESCLARECIMENTOS DOS CORREIOS SOBRE PROTESTOS DO SINDICATO

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos tem realizado grandes melhorias nas condições de trabalho e no clima organizacional, fazendo intervenções em edificações, inaugurando novas unidades, treinando e qualificando os trabalhadores, bem como contratando novos empregados pelo concurso em vigência. Cabe ressaltar que os Correios de Santa Catarina se destacaram como a melhor Diretoria Regional, entre as 28 do país, no ano de 2012, num ranking que avalia indicadores de gestão de pessoas, atendimento a cliente, processos operacionais, receita, dentre outros. Apenas de 2011 para cá, foram inauguradas no Estado 25 unidades, entre agências e unidades operacionais.

Nos últimos dois anos, em todo o país, a ECT contratou 15 mil trabalhadores aprovados no último concurso e, em 2013, mais 6,6 mil estão sendo admitidos. Só em Santa Catarina foram mais de 800 novos empregados, sendo cerca de 400 Carteiros, mais de 300 Atendentes Comerciais e 50 Operadores de Triagem e Transbordo. Não há falta de efetivo em Santa Catarina.

Quanto às alegações de excesso de horas extras, informamos que elas são realizadas de acordo com a necessidade das atividades, considerando a carga de objetos, o efetivo presente nas unidades, o absenteísmo diário e, principalmente, o compromisso com o cliente e com a sociedade.

Já a PLR é definida por negociação entre empresa e representante dos empregados. Há legislações que tratam do assunto. O Ministério Público do Trabalho (MPT) apresentou aos Correios e às representações sindicais, na última terça-feira (23), durante audiência de mediação, uma proposta de acordo e pagamento das PLRs 2012 e 2013.

A direção da empresa vai estudar a proposta e espera que os sindicatos façam o mesmo, a fim de viabilizar um fechamento de acordo e com isso garantir o pagamento da PLR. A empresa reafirma a disposição pelo diálogo. As partes examinam a possibilidade de marcar nova reunião para a próxima semana.

A Diretoria Regional da ECT em Santa Catarina tem uma Assessoria de Gestão das Relações Sindicais e do Trabalho, que está em constante negociação com o Sintect, tratando dos interesses dos empregados e da empresa. Recentemente, no último dia 12 de abril, foi realizada reunião entre a Direção da ECT/SC e o Sindicato, e haverá uma nova reunião no dia 29/04/2013.

Atenciosamente,
Direção Regional dos Correios em Santa Catarina”

spot_img
spot_img