24.2 C
fpolis
sexta-feira, outubro 22, 2021
cinesytem

Florianópolis recebe a 9ª edição do Arraial Social no dia 9 de julho

spot_img

Florianópolis recebe a 9ª edição do Arraial Social no dia 9 de julho

spot_img

Florianópolis vai receber no dia 9 de julho um dos maiores eventos caipiras do Estado, o Arraial Social. A festa, promovida pelo Instituto Lagoa Social, tem como objetivo arrecadar recursos para manutenção dos projetos e ações desenvolvidos em comunidades menos beneficiadas da capital. O evento tem início às 16 horas no Costão do Santinho Resort, no norte da ilha, e se estende até à 0h.

Para participar é obrigatório o uso de traje caipira. Os ingressos podem ser adquiros pela internet, neste link. O passaporte dá direito a open bar de quentão, refrigerante, água, cerveja e vodca, e open food de pinhão, pipoca, algodão-doce, cachorro quente e doces diversos. Menores de 17 anos só podem participar acompanhados dos pais ou responsável legal.

Além das deliciosas comidas e bebidas típicas, a festa terá shows musicais com o grupo Sambaí, a banda Aramel, Fábio Dunk, Pinho e os DJs Luca, Brunão, Gui Krueger, Coy e Chuckie.

“O Arraial já é consagrado no calendário de festas da cidade e chega agora na 9ª edição. É gratificante ver a participação da população que além de se divertir colabora com o crescimento pessoal de crianças e adolescentes das comunidades menos beneficiadas”, enfatiza a presidente voluntária do Instituto, Paula Lopes Freitas. Ela lembra que é o único evento de arrecadação de recursos feito pela instituição no ano e todo o dinheiro é destinado à manutenção dos projetos sociais.

O Instituto

Fundado em 2005, no Canto da Lagoa, em Florianópolis, o Instituto Lagoa Social tem como objetivo promover a inclusão social, educacional e cultural das crianças e adolescentes que residem em comunidades da Grande Florianópolis. A instituição beneficia mensalmente cerca de 800 crianças e, desde o seu início, já foram atendidas mais de 35 mil.

Sem fins lucrativos, por meio de projetos de cultura e esporte, o instituto busca promover a inclusão social e fortalecer o exercício da cidadania. “Para além do papel cidadão, procuramos incentivar a profissionalização desses jovens, a redução da criminalidade e o aumento da qualidade de vida, promovendo novas e melhores possibilidades de viver e produzir no mundo”, explica a presidente voluntária do Instituto, Paula Lopes Freitas.

Atualmente estão ativos oito projetos sociais: Driblando a Vida; Pipoca nas Comunidades; Sacando para o Futuro; Superando Barreiras; Arte de Rua; Faça sua História; Teatro nas Comunidades e Beach Tennis. Eles atendem crianças e adolescentes das comunidades de Monte Verde, Canto da Lagoa, Barreira do Janga, Rio Tavares, Saco dos Limões, Morro do Mocotó, Vila União e Morro do Horácio.

spot_img
spot_img