20.5 C
fpolis
terça-feira, dezembro 7, 2021
cinesytem

Governo do Estado prevê investir R$ 500,5 milhões em hospitais em 2013

spot_imgspot_img

Governo do Estado prevê investir R$ 500,5 milhões em hospitais em 2013

spot_img

A Secretaria de Estado da Saúde anunciou nesta segunda-feira, 7, que os projetos do Pacto da Saúde estão encaminhados e, este ano, os R$ 500,5 milhões do programa serão revertidos em melhorias para hospitais de toda Santa Catarina. Estão no planejamento da secretaria a ampliação de leitos, a construção de novas áreas e a adequações das unidades.

Dentre os projetos a serem executados este ano, estão a construção de um heliponto no Hospital Celso Ramos, que terá também a ampliação de 70 leitos para ortopedia. No Centro de Pesquisas Oncológicas (Cepon), haverá obras de melhorias, assim como no Hospital Regional Hanns Dieter Schimidt, onde será feita a ampliação de 150 leitos de internação e quatro salas cirúrgicas ambulatoriais para o hospital dia.

Há recursos da ordem de R$ 58,9 milhões para a construção de um novo Instituto de Cardiologia, em um terreno localizado ao lado do Hospital Regional de São José. A nova construção, que será iniciada este ano, prevê uma área de 20,5 mil metros quadrados, com 145 leitos de enfermaria, 40 leitos de UTI e 12 leitos de recuperação pós-anestésica.

Policlínicas, Hospital Florianópolis, Hospital e Maternidade Teresa Ramos, Hospital Nereu Ramos, Hospital Regional do Oeste, Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen, Hospital Infantil Joana de Gusmão, Hospital Waldomiro Colautti, Hospital Santa Tereza, Instituto de Psquiatria, Maternidade Carmela Dutra, Maternidade Catarina Kuss, Maternidade Darcy Vargas e Hospital Regional de Araranguá são outras unidades de saúde que receberão investimentos provenientes do Pacto da Saúde.

No Hospital Regional de São José, será executada a ampliação do Centro Cirúrgico e da Central de Material e Esterilização, com investimentos da ordem de R$ 18,87 milhões.

O Pacto

O Pacto da Saúde faz parte do Pacto por Santa Catarina, que prevê a aplicação de R$ 5 bilhões em setores básicos de atendimento à população como infraestrutura, segurança pública, educação, entre outros.

As ações na área da saúde serão executadas com recursos do Governo do Estado e financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O secretário de Estado da Saúde, Dalmo Claro de Oliveira, salienta que é preciso dar atenção à saúde em todas as regiões de Santa Catarina.

spot_img
spot_img