20.1 C
fpolis
sexta-feira, janeiro 28, 2022

Hospital Infantil Joana de Gusmão está entre os mais admirados do País

Hospital Infantil Joana de Gusmão está entre os mais admirados do País

spot_img

O Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis, acaba de dar um exemplo da excelência da saúde pública catarinense. O Infantil foi incluído entre os 100 hospitais mais admirados do Brasil no guia Saúde 2009 da Editora Análise, que consultou quatro mil profissionais da área da saúde, em todo o País, para compor a relação. O hospital é administrado pela Secretaria de Estado da Saúde, com o suporte de uma afinada equipe de voluntariado.

Dirigido pelo cardiologista pediátrico Mauricio Laerte Silva, o Joana de Gusmão realiza, em média, 175 mil atendimentos por ano, a maioria pelo Sistema Único de Saúde. O hospital já havia sido agraciado com o 1º Prêmio Fernandes Figueira de Humanização, no qual representou a região Sul. Além da qualidade do acolhimento que oferece aos pacientes e seus familiares, a instituição se destaca por quesitos técnicos, como as contribuições no campo científico, no campo clínico e acadêmico, já que abriga Residências médicas em neonatologia, pediatria, cirurgia, terapia intensiva, oncologia, endocrinologia, cardiologia e nutrologia, sempre na esfera pediátrica.

Atualmente, o Infantil conta com 166 leitos, duas UTIs especializadas (pediátrica e neonatal), atendimento 24 horas em anestesia, cirurgia pediátrica, ortopedia e pediatria, Emergência com dez médicos in loco no plantão e o excelente percentual de um médico/leito. Por ano, no Joana de Gusmão são realizados 175 mil atendimentos e mais de cinco mil cirurgias, com taxa de mortalidade geral de 1,7% e taxa de infecção hospitalar de 2%, sendo que os dois percentuais, para se estabelecer uma comparação, são inferiores aos índices do Hospital Bandeirantes, que é referência de excelência na capital paulista.

Entre os serviços especializados do Joana de Gusmão estão atendimento a malformação labiopalatal e craniofaciais, atendimento a queimados, cardiologia de alta complexidade, cirurgia vascular, neurocirurgia de alta complexidade, oncologia de alta complexidade, ortopedia de alta complexidade e quimioterapia. As clínicas especializadas atendem casos de bulimia e anorexia, diabetes, fibrose cística, lesões lábio-palatais, mielodisplásicos e odontologia pediátrica, além da vacinação infantil

spot_img
spot_img