27.7 C
fpolis
domingo, janeiro 16, 2022
cinesytem

Oficina de windsurf surpreende alunos

Oficina de windsurf surpreende alunos

spot_img

Participantes aproveitaram a bela manhã de sol para aprender sobre o esporte

Os doze participantes da oficina de windsurf, da quinta-feira, 22, foram presenteados com uma manhã de sol e água fresca, na Lagoa da Conceição. Assim que o grupo chegou na Avenida das Rendeiras, foi recebido com muita simpatia pelo instrutor Marcelo Toureiro e os auxiliares Dudu e Ed.

Antes de entrar na água, todos foram conhecer um depósito com pranchas e velas e souberam, através de Toureiro, um pouco da história do esporte. A partir daí, a prática foi entrando aos poucos durante a oficina. Depois de saberem qual a direção do vento, os participantes aprenderam com o professor como se comportar em cima da prancha e como manejar a vela.

– Hoje vocês vão velejar de través, de costas e perpendicular ao vento, informou Dudu.

Era hora de ficar em pé na prancha, no simulador, fora da água. Á medida que cada um fazia a primeira aula, a água da Lagoa ficava mais espelhada, um convite para velejar. Três quartetos foram se revezando durante a oficina, e cada um pode aproveitar quase uma hora de aula.

Nos primeiros momentos, os participantes caíam bastante, principalmente na hora de virar 180° e velejar para o outro lado. Depois de algumas tentativas, todos pegaram o jeito do esporte e aproveitaram o belo dia na Lagoa da Conceição. Alguns até se arriscaram a fazer competição de velocidade. E em uma bateria de três homens contra uma mulher, Maiara Cristina de Lima deixou todo mundo para trás.

Um dos que viram Maiara vencer a disputa foi o seu irmão Ricardo Clemente de Lima. Natural do Rio de Janeiro, o windsurfista sempre viu o pessoal velejando na Lagoa da Conceição e tratou de fazer a inscrição para a oficina. Agora, seu próximo objetivo é participar da oficina de wakeboard, às quartas-feiras.

Junto com os irmãos Lima, veio Vitor Alves Rita, de Floripa. Como a maioria dos iniciantes, ele achou que seria muito difícil conseguir velejar e mesmo sem muito equilíbrio, aproveitou as dicas dos instrutores.

E para fechar uma manhã sensacional, muitos participantes avistaram um pingüim passando muito perto deles, uma imagem que vai ficar na memória de todos.

spot_img
spot_img