14.5 C
fpolis
quarta-feira, outubro 20, 2021
cinesytem

Páscoa recheada para o comércio de Santa Catarina com aumento de 5,3% nas vendas

spot_img

Páscoa recheada para o comércio de Santa Catarina com aumento de 5,3% nas vendas

spot_img

Otimismo se estende ao Dia das Mães, uma das datas mais importantes para o setor

Como não poderia deixar de ser, os chocolates foram o carro-chefe desta Páscoa, mas o setor de vestuário aquecido pela queda nas temperaturas também contribuiu para o bom resultado registrado pelos lojistas de Santa Catarina. Segundo balanço da Federação das CDLs do estado (FCDL SC), o crescimento das vendas no comércio catarinense foi de 5,3% em relação à Páscoa passada. “Ficamos um pouco acima da expectativa, o que foi muito bom e mantém o otimismo para a próxima data, o Dia das Mães, uma das mais importantes para o varejo”, ressalta Sergio Medeiros, presidente da entidade.

De acordo com o dirigente lojista, a proximidade com a Páscoa não deve interferir na compra de presentes para as mães: “são consumos diferenciados e com apelo maior para outros segmentos como de perfumaria e cosméticos. Itens da linha branca também devem estar entre a preferência dos filhos, além do vestuário”, diz. O Dia das Mães deve gerar um incremento de 6% nas vendas, segundo estimativa da FCDL/SC. “O tíquete médio deve variar entre R$ 100 e R$ 150”, avalia Medeiros.

Mesmo com os números positivos, o varejo catarinense mantém-se alerta e monitora as medidas realizadas pelo governo federal para frear a inflação. Para o presidente da Federação das CDLs, o único efeito destas ações até o momento foi o aumento da arrecadação dos cofres públicos. “Não tivemos benefício nenhum, muito pelo contrário, a elevação dos juros é uma prova disso”, critica Medeiros.

spot_img
spot_img