24.9 C
fpolis
quarta-feira, janeiro 19, 2022
cinesytem

Planeta Chocolate em Florianópolis: um delicioso negócio para Santa Catarina

Planeta Chocolate em Florianópolis: um delicioso negócio para Santa Catarina

spot_img

Micro e pequenas empresas têm a oportunidade de expor seus produtos e capitalizar recursos para novos investimentos. O evento, que acontece entre os dias 31 de março e 5 de abril em Floripa, vai reunir consumidores e empresas catarinenses ligadas à produção e comercialização do chocolate

O Brasil já é o quinto no ranking mundial dos maiores produtores de chocolate e, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab), o Brasil é o segundo maior produtor de ovos de páscoa do mundo, ficando atrás apenas da Inglaterra. Em 2009, serão comercializadas ao longo do ano, mais de 300 mil toneladas de chocolate – os ovos correspondem a 7% desse total. As empresas de menor porte são as responsáveis pela contratação de grande parte da mão-de-obra ocupada no setor, porém carecem de apoios mais efetivos que contribuam para o aumento do seu faturamento. Um dos instrumentos que pode ajudar a minimizar suas atuais dificuldades é a disponibilização de informação e de crédito. Pensando nisso, a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina (ABIH), em parceria com o Sebrae SC e o Governo de Santa Catarina, vai realizar, em Florianópolis, o primeiro grande evento do segmento de chocolate no Estado: o Planeta Chocolate.

Entre os dias 31 de março e 5 de abril, Florianópolis será a Capital do chocolate. “Fomentar a pequena indústria de transformação do chocolate em Santa Catarina é investir em uma idéia que tem tudo para dar certo. De característica empreendedora e atenta às exigências de qualidade que o mercado exige, Santa Catarina reúne excelentes atributos para sediar um pólo fabricante de chocolates”, afirma João Eduardo Amaral Moritz, presidente da ABIH. O evento vai reunir empresas ligadas ao setor, que, além de expor seus produtos, vão ter a oportunidade de alavancar negócios, realizar parcerias e trocar idéias. Para aqueles que pretendem um dia se tornar um empresário, também haverá espaço para informação e capacitação.

Uma doce programação

O palco do evento será o Floripa Shopping, por onde passam, mensalmente, cerca de 450 mil pessoas. O local será todo decorado, com direito a uma fábrica de chocolate em meio ao hall central e distribuição de chocolate pelo shopping. Uma tentadora feira de Páscoa fará parte da exposição dos fabricantes industriais e artesanais, com produtos e maquinários para a indústria do chocolate, incentivando a criação de novas frentes de produção. A decoração, que ficará por conta do talentoso Carlos Alberto Schneider, fica exposta até a Páscoa, dia 12 de abril.

Na programação, está prevista para o dia 1° de abril uma palestra que vai falar sobre “O chocolate como negócio”. Já no dia 2, acontece o evento “Páscoa do Bem”, quando as crianças do Lar Recanto do Carinho serão levadas até o Floripa Shopping para assistir ao filme “A Fantástica fábrica de chocolate” e, claro, degustar os deliciosos chocolates expostos na feira. “Uma ação solidária, em uma data que antecede a Páscoa, durante um evento que pretende mostrar a potencialidade da produção de chocolate no Estado”, comenta João Eduardo Amaral Moritz.

A abertura oficial do evento, dia 31 de março, será realizada às 19h30 com a presença do governador do Estado, Luiz Henrique da Silveira. Já a feira acontece de 1° a 5 de abril. O governo é parceiro do Planeta Chocolate, que será realizado por meio do Fundo de Incentivo ao Turismo (Funturismo), um mecanismo criado pela Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte para fomentar o setor e dar sustentação às políticas estaduais para o turismo.

Geração de negócios

Entre os principais objetivos do evento estão: alavancar a criação de um “pólo” com indústrias ligadas ao segmento do chocolate em Santa Catarina, fomentar negócios e gerar novos postos de trabalho. Para concretizar a idéia, durante o Planeta Chocolate será realizada uma rodada de negócios, que pretende aproximar os agentes envolvidos no segmento. No dia 3 de abril, no estande do Sebrae, haverá reuniões entre empresários que demandam e outros que ofertam produtos e serviços ligados ao chocolate. A finalidade é facilitar a geração de oportunidades de negócios, estimular parcerias e despertar o interesse comercial comum pelo intercâmbio entre as empresas participantes.

Micro e pequenas empresas de Santa Catarina

As empresas do estado de Santa Catarina precisam ampliar seus mercados e conquistar novos clientes, capitalizando-se para enfrentar os novos desafios impostos por uma economia cada vez mais aberta e competitiva. Para tanto, são necessários novos investimentos em máquinas e equipamentos, em formação de mão-de-obra especializada e em novas tecnologias de fabricação. Descapitalizadas e com importante percentual de ociosidade (cerca de 45%), as empresas de transformação da indústria de chocolate necessitam promover e comercializar seus produtos. Com recursos financiados e orientação na produção, muitos artesãos informais, que vivem da produção e venda em épocas sazonais, poderão legalizar e ampliar seus negócios com produtos e ofertas para o ano todo. Da mesma forma, os pequenos produtores poderão investir na ampliação e modernização de suas plantas, no lançamento de novos produtos e até mesmo na multiplicação de fronteiras, passando a exportar. Também haverá oportunidades para quem vende o chocolate, seja diretamente ou por meio do sistema de franchising.

Com a participação das empresas catarinenses no Planeta Chocolate, espera-se facilitar a promoção e comercialização dos chocolates produzidos no Estado; contribuir para o incremento das vendas, para a ampliação e melhorias nas empresas participantes e a geração de emprego e renda.

BOX: Curiosidades

– O Target Group Index, estudo regular realizado pelo Ibope Mídia de abril de 2008, revelou um aumento no consumo de chocolate no Brasil desde 1999. Na época em que o estudo começou a ser realizado no país, 57% da população consumia chocolate. Atualmente, 67% dos brasileiros afirmam consumir habitualmente os mais variados tipos de chocolate; em média, são consumidas dez unidades por semana.

– As mulheres são as maiores consumidoras do chocolate, representando 55,96% do total dos consumidores.

Programação

31 de março

19h30 – Abertura Oficial

1º de abril

10h – Início da feira

10h30 – Palestra

Local: Estande SEBRAE

Tema: O chocolate como negócio

02 de abril

10h – Páscoa do Bem

Local: Estande SEBRAE

Exibição do filme “A fantástica fábrica de chocolate”. Ação solidária.

03 de abril

10h30 – Rodada de Negócios Sebrae

Local: Estande SEBRAE

04 de abril

20h – Evento Fábrica de Chocolate

05 de abril

20h – Encerramento

spot_img
spot_img